Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14167
Tipo do documento: Artigo
Título: Importância do método de obtenção das dejeções dos triatomíneos na avaliação da suscetibilidade triatomínica para Trypanosoma cruzi
Autor: Silva, Ionizete Garcia da
Ostermayer, Alejandro Luquetti
Silva, Heloisa Helena Garcia da
Resumo: Foi estudada a suscetibilidade de Dipetalogaster maximus, Rhodnius neglectus, R. prolixus, R. robustus, Triatoma infestans e T. rubrovaria ao Trypanosoma cruzi, através do xenodiagnóstico, em dois pacientes na fase aguda da doença de Chagas. Usaram-se como parâmetros o número de triatomíneos infectados e o número de tripanosomas excretados. A leitura do xenodiagnóstico foi realizada pelos métodos da compressão abdominal e o das dejeções espontâneas. Este foi mais eficiente que aquele, em relação ao número de T. cruzi por lâmina pelo teste de Wilcoxon. Em um dos pacientes, tendo como parâmetro o número de triatomíneos infectados, a suscetibilidade das espécies obedeceu a seguinte ordem: D. maximus e R. neglectus (100%), R. robustus (95%), R. prolixus e T. rubrovaria (90%) e T. infestans (857c). Nesse mesmo paciente, a suscetibilidade das espécies de triatomíneos, avaliada pelo número de T. cruzi excretados, usando-se a compressão abdominal, encontra-se na seguinte ordem: R. neglectus, R. prolixus, D. maximus eR. robustus, T. infestans eT. rubrovaria. Pelo método das dejeções espontâneas, a ordem foi: D. maximus e R. prolixus, T. rubrovaria, R. robustus,T. infestans e R. neglectus. No outro paciente, esse parâmetro, em ambas as técnicas de leitura, mostrou a mesma ordem de suscetibilidade (R. neglectus, T. rubrovaria e T. infestans), porém, o número de tripanosomas excretados foi significativamente maior pelo método das dejeções espontâneas.
Palavras-chave: Suscetibilidade de triatomíneos
Trypanosoma cruzi
Xenodiagnóstico
Doença de Chagas
Fase aguda
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: SILVA, Ionizete Garcia da; LUQUETTI, Alejandro Ostermayer; SILVA, Heloisa Helena Garcia da. Importância do método de obtenção das dejeções dos triatomíneos na avaliação da suscetibilidade triatomínica para Trypanosoma cruzi. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Uberaba, v. 26, n. 1, p. 19-24, jan./mar. 1993.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0037-86821993000100005
Identificador do documento: 10.1590/S0037-86821993000100005
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14167
Data de publicação: Mar-1993
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Ionizete Garcia da Silva - 1993.pdf262,2 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons