Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14453
Tipo do documento: Artigo
Título: O papel das enzimas antioxidantes na defesa das plantas contra insetos herbívoros e fitopatógenos
Título(s) alternativo(s): The role of antioxidant enzymes in plant defense against herbivorous insects and phytopathogens
Autor: Nascimento, Jacqueline Barbosa
Barrigossi, José Alexandre Freitas
Resumo: Muitas plantas passam por mudanças bioquímicas significativas em resposta ao ataque de estressores bióticos, como patógenos ou insetos herbívoros. Ambos estressores bióticos quando atacam as plantas fazem com que estas respondam de forma rápida com uma “explosão oxidativa”, que constituem na produção de espécies reativas de oxigênio (ERO), principalmente ânion superóxido (O 2•- ) e peróxido de hidrogênio (H 2 O 2 ). O acúmulo destas substâncias nas células vegetais pode ser tóxico para ambos. Estas EROs acionam moléculas para a indução de genes de defesa e a polimerização de proteínas que compõe a parede celular, além de estimular a produção de enzimas antioxidativas ou de limpeza. Existe uma variedade destas enzimas que irão decompor as espécies reativas de oxigênio. Como por exemplo, temos superóxido dismutase (SOD), peroxidase (POX), catalase (CAT), polifenol oxidase (PPO), entre outras. Nesta revisão será abordado como a herbivoria e a patogenicidade desencadeiam uma explosão oxidativa ativando o sistema de defesa da planta com a ação das enzimas antioxidativas.
Abstract: Many plants suffer significant biochemical changes in response the attack of biotic stressors, such as phytopathogens or herbivorous insects. When any of these biotic stressors attack plants, this causes quick responses via an "oxidative burst”, which constitutes the production of reactive oxygen species (ROS), particularly superoxide anion (O 2•- ) and hydrogen peroxide (H 2 O 2 ). The accumulation of these substances in vegetal cells can be toxic to both the biotic stressors and plants. These ROS will trigger molecules for the induction of defense genes and polymerization of proteins that makes up the cell walls, as well as stimulate the production of antioxidant enzymes or scavenging. There are a variety of these enzymes that will decompose the reactive oxygen species; the superoxide dismutase (SOD), peroxidase (POX), catalase (CAT) and polyphenol oxidase (PPO) are some examples. This review will describe how herbivory and pathogenic triggers cause an oxidative burst stimulating the defense system of the plants with the actions of antioxidant enzymes.
Palavras-chave: Catalase
Estresse biótico
Peroxidase
Inseto
Fungo
Catalase
Peroxidase
Biotic stress
Insect
Fungus
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia - EA (RG)
Citação: NASCIMENTO, Jacqueline Barbosa; BARRIGOSSI, José Alexandre Freitas. O papel das enzimas antioxidantes na defesa das plantas contra insetos herbívoros e fitopatógenos. Agrarian Academy, Goiânia, v. 1, n. 1, p. 234-250, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14453
Data de publicação: 2014
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Jacqueline Barbosa Nascimento - 2014.pdf1,65 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons