Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/1452
Tipo do documento: Article
Título: Os xerente akwén, os animais e as plantas: uma revisita aos inalienáveis com a semântica da gramática
Título(s) alternativo(s): The Xerente Akwén, the animals and the plants: rethinking the inalienable properties through the semantics of grammar
Autor: Braggio, Silvia Lucia Bigonjal
Resumo: Depois de muitos anos trabalhando com os Xerente Akwén, povo indígena da família linguística Jê e observando o modo como esse povo classifica-se a si mesmo e também a fauna e a flora, decidi tratar das propriedades dos inalienáveis, as quais, em meu ponto de vista, ligam os Akwén à fauna e à flora, em uma categoria sobreposta às demais classificações da língua. Para tanto, utilizo a teoria da etnossintaxe ou semântica da gramática, baseada em uma revisita de vários estudiosos aos escritos de Sapir e Whorf, em uma versão relativista denominada “narrow”, ou “fraca”, não determinista como anteriormente eram considerados os estudos de Sapir e Whorf. Foram utilizados vários dados coletados ao longo de meu trabalho, a partir dos quais elaborei um questionário específico que foi aplicado ao meu pesquisador auxiliar, Sisdaze Akwén, na faixa da geração considerada mais velha (acima de 40 anos). Os dados descritos e analisados mostram as diferentes formas de classificação dessa língua, diversas das ocidentais, as quais, seguramente, podem contribuir para a ciência da linguagem, para os povos de etnias diversas e para a sistematização das classificações singulares que elas elaboram e, consequentemente, para a educação escolar indígena. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ After many years working with the people and language of the Xerente Akwén, who live in reservations in the State of Tocantins, Brazil, I was always thinking of the intrinsic relationships intertwining their language, culture and society. Recently, I found that through the inalienable properties conceived by that people I could, at least, to deal with those relations. The theoretical tools that allowed me to do that were found in a rethinking of the “Sapir-Whorf Hypothesis”, considered “narrow” and not “broad”, utilized by many linguists working on the subject matter, called ethnosyntax or semantics of grammar. This article aims to describe and discuss the complex inalienable properties as conceived by the Xerente Akwén through the narrow linguistic relativity approach. In doing so I used a specific questionnaire applied to my research assistant Sisdaze Xerente, over 40 years old, and many other materials collected during more than 20 years. The results show the fascinating way the Xerente Akwén consider themselves very much intertwined with animals and plants by giving them almost the same properties of what can be possessed only by an Akwén. My ultimate goal is to contribute to the Akwén people as well as to indigenous languages analyses through the semantics of grammar and to school education.
Palavras-chave: Etnossintaxe
Xerente akwén
Propriedades inalienáveis
Instituição: Heloísa Augusta Brito de Mello
Citação: BRAGGIO, S. L. B. Os xerente akwén, os animais e as plantas: uma revisita aos inalienáveis com a semântica da gramática. Signótica, Goiânia, GO, v.23, n.2, 2011. Disponível em:<http://www.revistas.ufg.br/index.php/sig/article/view/17531/10667>.
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/1452
Data de publicação: Dez-2011
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
17531-73151-1-PB.pdf717,61 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.