Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14568
Tipo do documento: Artigo
Título: A linguagem do absurdo (o sopro de Clarice Lispector)
Autor: Foerste, Erineu
Resumo: Partindo principalmente do conto• Amor" de Clarice Lispector, analisa-se a estética clariciana. destacando a linguagem do absurdo como eixo criador da autora. que tem na não-palavra seu impulso ficcional. Discute-se a existência humana alienada que busca uma urgente auto libertação. em meio ao caos produzido pela hipertrofia técnico-científica da modernidade. O signo do absurdo-do-Ser aponta, via a fruição literária, possibilidades à reconstrução do Ser-Verdade pela negação expressa do fetiche e da linguagem convencional-cristalizada do cotidiano.
Abstract: Clarice Lispector's aesthetics is analysed mainly from her short story • Amor•, where "the language of absurd" is focused as lhe author's creative axis, which has the non-word as a fictional urge. The alieoated buma.o existeoce wbicb searebes for an urgent self-liberation is discussed, am id the chaos produced by the tecboical-scientific hypertrophy of modernity. The sign of "the being"s absurd" heads. via a literary fruition, for a possible reconstruction of "the being-truth" by means of an expressed negation of fetish and by means of the crystallized conventional language of everyday life.
País: Brasil
Instituição: Zênia de Faria
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Letras - FL (RG)
Citação: FOERSTE, Erineu. A linguagem do absurdo (o sopro de Clarice Lispector). Signótica, Goiânia, v. 5, n. 1, p. 41-56, jan./dez. 1993. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/sig/article/view/7348/5213>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/sig.v5i1.7348
Identificador do documento: 10.5216/sig.v5i1.7348
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14568
Data de publicação: Dez-1993
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Erineu Foerste - 1993.pdf2,09 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons