Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14660
Tipo do documento: Artigo
Título: O bestiário medieval e a representação derrogatória do feminino: o exemplo do manuscrito de Cambridge
Título(s) alternativo(s): The medieval bestiary and the derogatore representation of the feminine gender: the Cambridge manuscript example
Autor: Fonseca, Pedro Carlos Louzada
Resumo: Na cultura medieval, os bestiários tratavam de animais das mais variadas espécies e natureza. Revelavam, de forma simbólica e figurativa, uma pragmática religiosa de caráter doutrinário e moral. O presente estudo tem por objetivo verificar que, consubstanciando essa intenção edificante, elementos e aspectos característicos da mentalidade e da cultura misógina da Idade Média configuramse nos bestiários em instâncias de um verdadeiro discurso de gênero que, a exemplo do manuscrito de Cambridge (MS II. 4.26), coloca em perspectiva estratégica e ideológica a representação da imagem feminina de muitos dos seus animais tratados.
Abstract: In medieval culture, the bestiaries dealed with animals of the most diverse species and nature. The bestiaries used to reveal, in a simbolic and figurative manner, a religious pragmatics characterized by its doutrinary and moral purpose. This study aims to examine that in the formation of that edifying purpose elements and aspects of the medieval mentality and its misogynistic culture take shape in instances which identify a truly gender discourse. This kind of discourse in the bestiaries, as for example in the manuscript of Cambridge (MS II. 4.26), places in a strategical and ideological perspective the representation of the feminine image of many of the animals considered in the manuscript.
Palavras-chave: Bestiário medieval
Misoginia
Manuscrito de Cambridge
Medieval bestiary
Misogyny
Manuscript of Cambridge
País: Brasil
Instituição: Maria Zaíra Turchi
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Letras - FL (RG)
Citação: FONSECA, Pedro Carlos Louzada. O bestiário medieval e a representação derrogatória do feminino: o exemplo do manuscrito de Cambridge. Goiânia, v. 18, n. 1, p. 163-175, jan./jun. 2006. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/sig/article/view/3725/3480>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/sig.v18i1.3725
Identificador do documento: 10.5216/sig.v18i1.3725
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14660
Data de publicação: Jun-2006
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Pedro Carlos Louzada Fonseca - 2006.pdf131,49 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons