Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14699
Tipo do documento: Artigo
Título: Globalization in the margins: toward elements for a sociolinguistics of mobility from Indigenous experiences
Título(s) alternativo(s): Globalização nas margens: elementos para uma sociolinguística da mobilidade desde experiências indígenas
Globalización en los márgenes: elementos para una sociolingüística de la movilidad desde experiencias indígenas
Autor: Nascimento, André Marques do
Resumo: Este artigo analisa, desde abordagens da sociolinguística contemporânea e de estudos decoloniais, como a apropriação de infraestruturas de globalização por povos indígenas tem gerado novos meios de interação através dos quais podem tornar visíveis suas demandas atuais, assim como tem criado novos ambientes de interações transidiomáticas. A análise enfoca elementos discursivos do rap e de postagens e comentários em redes sociais nas quais são produtivamente usados recursos das línguas indígenas. O principal argumento é que saltos escalares translocais são possibilitados por esta apropriação de infraestruturas de globalização que pode ter efeitos potenciais positivos na vitalidade linguística dos povos indígenas.
Abstract: This paper analyzes, from contemporary sociolinguistics and decolonial theoretical approaches, how the appropriation of infrastructures of globalization by indigenous peoples has generated new means through which they can make visible their contemporary demands, as well as new environments for transidiomatic practices. The analysis focuses on discourse elements of rap music and social media in which indigenous languages resources are productively employed. The main argument is that translocal scalar jumps are made possible through the appropriation of infrastructures of globalization by indigenous communities and individuals, and it is suggested that this appropriation might have positive potential effect on the indigenous linguistic vitality.
Este artículo analiza, desde enfoques sociolingüísticos contemporáneos y descoloniales, como la apropiación de la infraestructura de la globalización para los pueblos indígenas ha generado nuevos medios de interacción que pueden hacer visibles sus demandas actuales así como ha generado nuevas formas de interacciones transidiomáticas. El análisis se centra en elementos discursivos de rap y de mensajes publicados en las redes sociales en las que se utilizan productivamente recursos de las lenguas indígenas. El argumento principal es que los saltos escalares translocales son posibles gracias a esta apropiación de infraestructuras de globalización con potenciales efectos positivos sobre la vitalidad lingüística de los pueblos indígenas.
Palavras-chave: Globalization
Infrastructures of globalization
Indigenous peoples
Transidiomatic practices
Technologies of communication
Globalização
Infraestruturas de globalização
Povos indígenas
Práticas transidiomáticas
País: Brasil
Instituição: Joana Plaza Pinto
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Letras - FL (RG)
Citação: NASCIMENTO, André Marques do. Globalization in the margins: toward elements for a sociolinguistics of mobility from Indigenous experiences. Signótica, Goiânia, v. 29, n. 2, p. 269-301, July./Dec. 2017. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/sig/article/view/40775/24053>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/sig.v29i2.40775
Identificador do documento: 10.5216/sig.v29i2.40775
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14699
Data de publicação: Dez-2017
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - André Marques do Nascimento - 2017.pdf1,55 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons