Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/1477
Tipo do documento: Article
Título: A saga do condado de Yoknapatawpha: a apreensão de um mundo social em mutação
Título(s) alternativo(s): The saga of Yoknapatawpha county: the apprehension of a social world in transformation
Autor: Grangeiro, Alessandra Carlos Costa
Camargo, Goiandira Ortiz de
Resumo: Este artigo apontará as obras de William Faulkner que se referem à saga de Yoknapatawpha:1 Sartoris; O som e a fúria; Absalão, Absalão; Os indomáveis; Réquiem para uma freira; Desça, Moisés; O povoado; A cidade e a mansão. A leitura desses romances nos demonstrará o alcance do processo de ficcionalização de Faulkner, pois neles é possível apreender desde a fundação de Jefferson, cidade imaginária, passando pela doação de terras a Stupen, feita pelos índios Chikasaw, até a constituição total do domínio dos Snopes, verdadeiros fazedores de dinheiro, em oposição à queda de famílias tradicionais como é o caso dos Sartoris e dos Compsons. Esse percurso terá início nas considerações de Ian Watt acerca da ascensão do romance, especialmente no que diz respeito à questão do tempo. Posteriormente, apontaremos a relação das técnicas modernistas utilizadas por Faulkner com o contexto histórico norteamericano, fim da fase heroica da burguesia, e com a concepção de tempo. Para essas duas últimas questões, embasaremos nossas considerações em JeanPaul Sartre, feitas em Sartoris, de William Faulkner, e em Do Modernismo em Willian Faulkner: as I lay dying,2 de Carlos Azevedo.
This article will point William Faulkner’ words that refer to saga of Yoknapatawpha: Sartoris, O som e a fúria, Absalão, Absalão, Os indomáveis, Réquiem para uma freira, Desça Moisés, O povoado, A cidade e A mansão. Reading these novels will demonstrate to us the extent of Faulkner’s fictionalization process, so them it is possible to grasp since the foundation of Jefferson, fictional town, through by donation of land to Sutpen, done by Chikasaw Indians, until the constitution of the domain of Snopes, real moneymakers, opposed to the fall of traditional families as is the case of Sartoris and Compsons. This path will be done by, firstly, Ian Watt’s considerations about the ascension of the novel, specially as for the time question. Later we will point the relation of the modernist techniques, used by Faulkner, with the historical context of USA: the end of the heroic phase of the bourgeoisie and with the Faulkner’s time conception; for these last two questions, we will base our considerations on Jean-Paul Sartre done in Sartoris, de William Faulkner and on Carlos Azevedo: Do modernismo em William Faulkner: As I Lay Dying.
Palavras-chave: Faulkner
Técnicas narrativas modernistas
Instituição: Heloísa Augusta Brito de Mello
Citação: GRANGEIRO, A. C. C; CAMARGO, G. O. de. A saga do condado de Yoknapatawpha: a apreensão de um mundo social em mutação. Signótica, Goiânia, GO, v. 21, n.1, 2009. Disponível em: <http://www.revistas.ufg.br/index.php/sig/article/view/8611/6079>.
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/1477
Data de publicação: Jun-2009
Aparece nas coleções:FL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
8611-32887-1-PB.pdf1,02 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.