Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14793
Tipo do documento: Artigo
Título: Características físicas, químicas e sensoriais de feijões crioulos orgânicos, cultivados na região de Goiânia-GO
Título(s) alternativo(s): Physical, chemical and sensory characteristics of creole beans organics, grown in the Goiânia- GO region
Autor: Soares Júnior, Manoel Soares
Caliari, Márcio
Bassinello, Priscila Zaczuk
Fernandes, Paulo Marçal
Becker, Fernanda Salamoni
Resumo: A grande variabilidade genética presente no germoplasma de feijão cultivado nas pequenas propriedades é de fundamental importância na estratégia de sobrevivência dos pequenos agricultores, pois eles selecionam os materiais adaptados às suas condições agroecológicas e socioeconômicas. A agricultura orgânica é um método de cultivo que visa o estabelecimento de sistemas agrícolas ecologicamente equilibrados e estáveis, economicamente produtivos, de elevada eficiência. O presente trabalho teve por objetivo comparar as características físicas (cor, peso e dimensões), a composição centesimal (produto in natura) e a aceitação (produto cozido) de 6 feijões crioulos em comparação com a cultivar Pérola. Esta reuniu o melhor conjunto de aspectos relacionados à qualidade, pois devido ao melhoramento genético, possui tamanho médio, valor nutricional superior, principalmente em relação aos teores de proteínas (20,1 g.100g -1 ) e fibras (16,3 g.100g -1 ), além de ser o mais aceito em relação à aparência (cor clara), sabor e maciez. Dentre os feijões crioulos, destacou-se o feijão Cavalo, que apresentou maior massa (peso de 100 grãos: 34,4 g), bom valor nutricional (extrato etéreo, cinzas e fibras), além de ser muito aceito pelos consumidores, principalmente em relação à maciez, sabor e aparência (claro e graúdo). O feijão Roxinho Tradicional, apesar de ser o menor, mais escuro e avermelhado dos feijões, foi bem aceito pelos consumidores em todos os atributos sensoriais, além de possuir teor expressivo de proteínas (18,4 g.100g -1 ).
Abstract: The great genetic variability in germplasm of beans grown on small farms is of fundamental importance in the survival strategy of small farmers, as they select materials adapted to their ecological and socioeconomic conditions. Organic agriculture is a cultivation method that seeks the establishment of agricultural systems balanced and ecologically stable, economically productive, highly efficient. This study aimed to compare the physical characteristics (color, weight and dimensions), the composition (fresh product) and acceptance (cooked weight) of 6 creole beans compared to the Perola. This met the best set of issues related to quality because, due to genetic improvement, has medium size, higher nutritional value, especially with regard to protein content (20.1 g.100g -1 ) and fiber (16.3 g.100g -1 ), and is the most accepted in relation to appearance (light color), taste and tenderness. Among the beans Creoles, the highlight is the horse bean, which has greater mass (100-grain weight: 34.4 g), good nutritional value (oil, ash and fiber), and is very popular among consumers, especially in relation to the tenderness, flavor and appearance (clear, coarse). Bean Roxinho Traditionally, despite being the smaller, darker and reddish beans, is well accepted by consumers in all sensory attributes, as well as having significant protein content (18.4 g.100g -1 ).
Palavras-chave: Phaseolus vulgaris L.
Análise sensorial
Qualidade
Composição centesimal
Phaseolus vulgaris L.
Sensory evaluation
Quality
Proximal composition
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia - EA (RG)
Citação: SOARES JR, Manoel Soares; CALIARI, Márcio; BASSINELLO, Priscila Zaczuk; FERNANDES, Paulo Marçal; BECKER, Fernanda Salamoni. Características físicas, químicas e sensoriais de feijões crioulos orgânicos, cultivados na região de Goiânia-GO. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Pombal, v. 7, n. 3, p. 109-118, jul./set. 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14793
Data de publicação: Set-2012
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Manoel Soares Soares Júnior - 2012.pdf280,46 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons