Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14899
Tipo do documento: Artigo
Título: Razão prática, moral e direito
Autor: Heck, José Nicolau
Resumo: O legado filosófico kantiano, traçado com os recursos da metafísica crítica, só manterá uma fisionomia distinta à luz dos pósteros, se as interfaces de sua arquitetônica forem semanticamente demarcadas, os objetos metodicamente referidos e os problemas corretamente solucionados. No âmbito da razão prática, o desempenho filosófico de Kant presta contas a um significado duplamente bifurcado de obrigatoriedade e legislação, vale dizer, considerar o homem como auctor obligationis e, simultaneamente, como subjectum obligationis, para então examinar, por um lado, sua identidade numérica num ator de deveres e, por outro, encarar o mesmo sujeito enquanto esteio de direitos, contraposto externamente ao primeiro na figura de um sujeiro de direitos.
Abstract: The Kantian philosophical legacy, sketched with the resources of critical metaphysics, will only maintain a distinct physionomy in the light of future generations, if the interfaces of its architectonics are semantically delimited, the objects methodologically referenced and the problems correctly solved. In the sphere of practical reason, Kant’s philosophical achievement takes account of a doubly forked meaning of compulsiveness and legislation. That is, it considers the person as auctor obligationis and simultaneously subjectum obligationis and it only then examines, on the one hand, his/her numerical identity in an actor of duties, and on the other, faces the same subject as a support for rights, externally opposed to the first in the figure of a subject of rights.
Palavras-chave: Razão prática
Sujeito
Moral
Fato da razão
Doutrina do direito
Practical reason
Subject
Fact of reason
Doctrine of law
País: Brasil
Instituição: Araceli Velloso
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Filosofia - FAFIL (RG)
Citação: HECK, José Nicolau. Razão prática, moral e direito. Philósophos, Goiânia, v. 13, n. 1, p. 67-107, jan./jun. 2008. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/philosophos/article/view/7623>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/phi.v13i1.7623
Identificador do documento: 10.5216/phi.v13i1.7623
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/14899
Data de publicação: Jun-2008
Aparece nas coleções:FAFIL - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - José Nicolau Heck - 2008.pdf217,6 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons