Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15018
Tipo do documento: Artigo
Título: Relação entre uso do solo e comportamento hidrológico na bacia hidrográfica do Ribeirão João Leite
Título(s) alternativo(s): Relationship between land use and hydrological behavior in the ‘Ribeirão João Leite’ watershed
Autor: Santos, Eduardo Henrique Mendes dos
Griebeler, Nori Paulo
Oliveira, Luiz Fernando Coutinho de
Resumo: O comportamento hidrológico de bacias hidrográficas decorre principalmente da variabilidade dos processos climáticos e do uso do solo. A Bacia do Ribeirão João Leite constitui-se no principal manancial de abastecimento de Goiânia e, recentemente, foram verificadas intensas modificações no uso do solo e disponibilidade de água. Neste contexto, teve- se como objetivo classificar o uso do solo entre 1979 e 2005 e realizar a associação do escoamento com o uso do solo e a variabilidade pluviométrica. Para isto, se utilizaram imagens Landsat dos anos de 1979, 1989, 1997 e 2005, além de dados fluviométricos e pluviométricos disponibilizados pela Agência Nacional de Águas (ANA). O uso do solo foi mar- cado pelo desmatamento de 17,8% da vegetação nativa, expansão das áreas de urbanização e agricultura em 6,6 e 15,2%, respectivamente, e pela expressiva área de pastagens. Constatou-se tendência de redução no escoamento explicada, em parte, pela redução do regime de chuvas; contudo, devido ao expressivo aumento da água captada e à ausência de registros históricos, houve dificuldade na associação qualitativa entre o escoamento e o uso do solo, apesar de serem gerados modelos por regressão linear com coeficientes de determinação (R2) acima de 0,75.
Abstract: The hydrological behavior of watersheds derives mainly from climate variability and land use. The ‘Ribeirão João Leite’ watershed is the main sourse of water supply in Goiânia city, and recently intense modifications were observed in the land use and availability of water. In this context, this work proposes to classify the land use between 1979 and 2005 and establish the association of the runoff with the land use and climate variability. For this, Landsat images from the years 1979, 1989, 1997 and 2005 were used as well as flow and rainfall data provided by the Agência Nacional de Água (ANA). The land use was marked by 17.8% of deforestation, expansion of the urbanization and agriculture corresponded to 6.6 and 15.2%, respectively, and by significant areas of pasture. A trend of reduction in flow was observed that could be explained, in part, by a reduction in the rainfall regime. However, due to the significant increase of water withdrawal and the lack of historical records, there was difficulty in qualitative association between the runoff and the land use in spite of generating linear regression models with coefficients of determination (R2) above 0.75.
Palavras-chave: Recursos hídricos
Vazão
Goiânia
Goiânia
Water resources
Flow
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia - EA (RG)
Citação: SANTOS, Eduardo H. M. dos; GRIEBELER, Nori P.; OLIVEIRA, Luiz F. C. de. Relação entre uso do solo e comportamento hidrológico na Bacia Hidrográfica do Ribeirão João Leite. Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental, Campina Grande, v. 14, n. 8, p. 826-834, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S1415-43662010000800006
Identificador do documento: 10.1590/S1415-43662010000800006
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15018
Data de publicação: 2010
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Eduardo Henrique Mendes dos Santos - 2010.pdf6,45 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons