Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15023
Tipo do documento: Artigo
Título: Uso do software Estradas para determinação do espaçamento entre desaguadouros em estradas não pavimentadas do interior de Goiás
Título(s) alternativo(s): The use of Estradas software to define the unpaved roads ditch outlet spacing for Goiás state, Brazil
Autor: Oliveira, João Fonseca de
Griebele, Nori Paulo
Garvil, Rafael Alves
Oliveira, Janaína de Moura
Rabelo, Max Well de Oliveira
Resumo: Estradas não pavimentadas correspondem a aproximadamente 90% da malha rodoviária brasileira. Estas, na maioria das vezes, são construídas sem a realização de estudos prévios, estando sujeitas a vários tipos de problemas. Um dos principais fatores de deterioração dessas vias é a ineficiência do sistema de drenagem. Neste trabalho simulou-se o espaçamento entre desaguadouros em estradas não pavimentadas, utilizando-se um software desenvolvido com base num modelo matemático de dimensionamento de sistemas de drenagem em estradas não pavimentadas. Utilizaram-se valores de erodibilidade, tensão crítica de cisalhamento e massa específica para diferentes solos de estradas, localiza- das no Estado de Goiás. Simularam-se cenários considerando alterações na declividade (1, 5, 10 e 15%) e na seção transversal do canal com relações entre altura e largura de 1:1, 1:2, 1:5 e 1:10. O modelo respondeu sensivelmente às alterações na declividade, na seção transversal do canal e nas de resistência do solo. Os espaçamentos obtidos indicaram que, estradas com declividades inferiores a 5%, mesmo com elevados valores de erodibilidade permitiram espaçamentos viáveis em aspectos construtivos. No entanto, para as declividades de 10 e 15%, os espaçamentos, na maioria dos casos, apresentaram dimensões reduzidas, tornando-se impraticáveis, sendo necessário, nestes casos, proteção do canal ou alteração de suas características hidráulicas.
Abstract: Unpaved roads correspond to approximately 90% of Brazilian’s highway. In most cases they are built without previous studies should be subject to a many problems. In this work was simulated unpaved roads ditch outlet spacing, using a software to design roads drainage system. It was used erodibility, critical shear stress and density values for different soils of roads located in the state of Goias, Brazil. Were simulated different scenarios considering changes in slope (1%, 5%, 10% and 15%) and in roads channel’s cross section (1:1, 1:2, 1:5 and 1:10). The model answered favourably to slope and cross section of the channel and to soil resistance parameters. The spacing obtained indicated that roads with slopes of less than 5%, even high levels of erodibility allowed viable outlet spacing. However, 10% and 15% slopes presented reduced spacing turning them impractical, and so requiring channel protection or changes of the hydraulics features.
Palavras-chave: Modelo hidrológico
Erosão
Estradas vicinais
Hydrologic model
Erosion
Secondary roads
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia - EA (RG)
Citação: OLIVEIRA, João Fonseca de; GRIEBELER, Nori Paulo; GARVIL, Rafael A.; OLIVEIRA, Janaína de M.; RABELO, Max W. de O. Uso do software estradas para determinação do espaçamento entre desaguadouros em Estradas não pavimentadas do interior de Goiás. Revista Ceres, Viçosa, v. 58, n. 1, p. 17-22, jan./fev. 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0034-737X2011000100003
Identificador do documento: 10.1590/S0034-737X2011000100003
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15023
Data de publicação: Fev-2011
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - João Fonseca de Oliveira - 2011.pdf108,24 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons