Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15118
Tipo do documento: Artigo
Título: Análise de correspondência como instrumento para descrição do perfil do trabalhador da cultura de tomate de mesa em Goiás
Título(s) alternativo(s): The correspondence analysis as instrument to analyze the profile of the worker in the tomato crop in the Goiás state, Brazil
Autor: Alves, Sueli Martins Freitas
Fernandes, Paulo Marçal
Reis, Elton Fialho dos
Resumo: O cultivo do tomate de mesa em Goiás está estruturado numa proposta tecnológica baseada no uso intensivo de agrotóxicos, o que envolve riscos e danos potenciais à saúde dos trabalhadores. O objetivo deste trabalho foi utilizar a Análise de Correspondência Múltipla (ACM) para explorar a perfil do trabalhador da cultura de tomate de mesa quanto ao uso de agrotóxicos. Para isso, foram obtidas informações sobre fatores socioeconômicos e demográficos, percepção de risco, uso de agrotóxicos, uso de equipamento de proteção individual (EPI) e morbidade referida, por meio de questionário respondido por 96 trabalhadores da cultura de tomate de mesa, em seis municípios do Estado de Goiás. A Análise de Correspondência Múltipla (ACM) possibilitou definir três grupos de trabalhadores. No grupo 1, os que responderam que já se intoxicaram com agrotóxicos e não usam EPI porque dificulta o trabalho ou porque não têm costume. No grupo 2, os que responderam que não se intoxicaram com agrotóxico relataram que usam somente algum tipo de EPI porque os consideram desconfortáveis ou por outros motivos. No grupo 3, os que relataram usar EPI completo e que moram em barracas de lona na lavoura de tomate. Foi possível fazer correspondência entre as modalidades da pesquisa, o que não seria possível com o uso de estatística descritiva.
Abstract: The tomato cropping in the Goiás state is structured under a technological proposal based on the intensive use of pesticides, which involves risks and potential damages to the workers’ health. This study aimed to use the Multiple Correspondence Analysis (ACM) to explore the worker’s profile concerning to the use of pesticides in tomato crop. So, information about the socioeconomic and demographic factors, risk perception, pesticide uses, use of individual protection equipment (EPI) and referred morbidity were obtained, by using a questionnaire applied to 96 workers in tomato crop, in six counties at the State of Goiás. According to the Multiple Correspondence Analysis, three worker groups were defined. Group 1 involved those workers who answered that they were already intoxicated with pesticides and do not use EPI because it hampers the work or the worker is not accustomed to it. Group 2 referred to those who did not intoxicate with pesticide and use only some EPI type, because they considered them as uncomfortable or other reason. Group 3 were about those who used complete EPI and lived in canvas huts at the farming. It was possible to accomplishing correspondence among the modalities of the research, which would not be possible by using the descriptive statistics.
Palavras-chave: Exposição aos agrotóxicos
Análise multivariada
Uso de equipamento de proteção individual
Exposure to pesticides
Using individual-protection equipment
Multivariate analysis
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia - EA (RG)
Citação: ALVES, Sueli Martins Freitas; FERNANDES, Paulo Marçal; REIS, Elton Fialho dos. Análise de correspondencia como instrumento para descrição do perfil do trabalhador da cultura do tomate de mesa em Goiás. Ciência Rural, Santa Maria, v. 39, n. 7, p. 2042-2049, out. 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15118
Data de publicação: Out-2009
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Sueli Martins Freitas Alves - 2009.pdf98,19 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons