Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15339
Tipo do documento: Artigo
Título: Differences in exoenzymes production and adherence ability among Candida spp. isolates from catheter, blood and oral cavity
Título(s) alternativo(s): Diferenças na produção de exoenzimas e habilidade de aderência entre isolados de espécies de Candida provenientes do cateter, sangue e cavidade bucal
Autor: Costa, Carolina Rodrigues
Passos, Xisto Sena
Souza, Lúcia Kioko Hasimoto e
Lucena, Percilia de Andrade
Fernandes, Orionalda de Fátima Lisboa
Silva, Maria do Rosário Rodrigues
Resumo: A produção de proteinase e fosfolipase e habilidade de adesão à célula epitelial bucal de 112 isolados de Candida originadas da cavidade bucal de pacientes infectados pelo HIV e de sangue e cateter de pacientes hospitalizados foram investigados. A produção de proteinase foi detectada por inoculação em ágar soro albumina bovina e a atividade de fosfolipase foi realizada usando emulsão de gema de ovo. A suspensão de levedura de cada isolado foi incubada com célula epitelial e o número de leveduras aderidas a célula epitelial foi contada. Uma porcentagem de 88,1 e 55,9% de C. albicans e 69,8 e 37,7% de isolados de Candida não albicans produziram proteinase e fosfolipase, respectivamente. Candida não albicans obtidas do cateter foram mais proteolíticos que isolados de Candida albicans (p < 0,001). Isolados do sangue foram mais proteolíticos do que isolados do cateter e cavidade bucal, enquanto isolados da cavidade bucal produziram mais fosfolipase do que aqueles isolados do sangue e cateter. C. albicans isoladas da cavidade bucal e do cateter foram mais aderentes à célula epitelial bucal do que isolados de Candida não albicans, mas não houve diferença na adesão entre os três locais analisados. Os resultados indicaram diferenças na produção de fosfolipase e proteinase e na habilidade de adesão à célula epitelial bucal entre os isolados de Candida das diferentes fontes. Este estudo sugere que a patogenicidade de Candida spp pode estar correlacionada ao local infectado.
Abstract: Phospholipase and proteinase production and the ability of adhesion to buccal epithelial cells (BEC) of 112 Candida isolates originated from oral cavity of HIV infected patients and from blood and catheter of intensive care unit patients were investigated. The proteinase production was detected by inoculation into bovine serum albumin (BSA) agar and the phospholipase activity was performed using egg yolk emulsion. A yeast suspension of each test strain was incubated with buccal epithelial cells and the number of adherence yeast to epithelial cells was counted. A percentage of 88.1% and 55.9% of Candida albicans and 69.8% and 37.7% of non-albicans Candida isolates produced proteinase and phospholipase, respectively. Non-albicans Candida isolated from catheter were more proteolytic than C. albicans isolates. Blood isolates were more proteolytic than catheter and oral cavity isolates while oral cavity isolates produced more phospholipase than those from blood and catheter. C. albicans isolates from oral cavity and from catheter were more adherent to BEC than non-albicans Candida isolates, but the adhesion was not different among the three sources analyzed. The results indicated differences in the production of phospholipase and proteinase and in the ability of adhesion to BEC among Candida spp. isolates from different sources. This study suggests that the pathogenicity of Candida can be correlated with the infected site.
Palavras-chave: Adherence ability
Exoenzyme activity
Candida
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: COSTA, Carolina Rodrigues; PASSOS, Xisto Sena; SOUZA, Lúcia Kioko Hasimoto e; LUCENA, Percilia de Andrade; FERNANDES, Orionalda de Fátima Lisboa; SILVA, Maria do Rosário Rodrigues. Differences in exoenzymes production and adherence ability among Candida spp. isolates from catheter, blood and oral cavity. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, São Paulo, v. 52, n. 3, p. 139-143, May/June 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0036-46652010000300005
Identificador do documento: 10.1590/S0036-46652010000300005
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15339
Data de publicação: Jun-2010
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Carolina Rodrigues Cosra - 2010.pdf126,76 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons