Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15425
Tipo do documento: Artigo
Título: Rotavírus A em crianças de até três anos de idade, hospitalizadas com gastroenterite aguda em Campo Grande, estado do Mato Grosso do Sul
Título(s) alternativo(s): Rotavirus A among hospitalized infants, up to three years of age, with acute gastroenteritis in Campo Grande, state of Mato Grosso do Sul
Autor: Andreasi, Márcia Sueli Assis
Batista, Sônia Maria Fernandes
Ozaki, Cláudia Okanobo
Nogueira, Mariana Menegusso
Fiaccadori, Fabíola Souza
Borges, Ana Maria Tavares
Santos, Rodrigo Alessandro Tôgo
Cardoso, Divina das Dores de Paula
Resumo: Através da eletroforese em gel de poliacrilamida e do ensaio imunenzimático combinado para rotavírus e adenovirus, foram analisadas 380 amostras fecais de crianças com até 3 anos, hospitalizadas com diarréia aguda, entre maio de 2000 e janeiro de 2004, em Campo Grande, MS. Do total de amostras, 88 (23,2%) foram positivas para Rotavirus A. Dentre essas, 81 (92%) tiveram padrão eletroferotípico definido, sendo 77 (87,5%) de padrão longo e quatro (4,5%) de padrão curto. A caracterização genotípica G e P foi feita por RT-Nested-PCR para 85 amostras, sendo 56 (65,9%) genotipáveis para genótipo G. Dentre essas, 49 (87,5%) foram G1, cinco (8,9%) G4, uma (1,8%) G3 e uma (1,8%) G9. Considerando a genotipagem P, 37 (43,5%) foram genotipáveis e todas eram P[8]. A associação G e P mais observada foi G1P[8], 33 (89,2%) amostras; seguida de G4P[8], duas (5,4%) amostras; G3P[8], uma (2,7%) amostra; e G9P[8], uma (2,7%) amostra.
Abstract: Polyacrylamide gel electrophoresis and combined immunoenzyme assay for rotavirus and adenovirus were used to analyze 380 fecal samples from children up to three years of age who were hospitalized with acute diarrhea in Campo Grande, State of Mato Grosso do Sul, between May 2000 and January 2004. Among all the samples, 88 (23.2%) were positive for Rotavirus A. Out of these, 81 (92%) had a defined electrophoretic pattern: 77 (87.5%) with a long pattern and four (4.5%) with a short pattern. Genotype G and P characterization was done by nested RT-PCR for 85 samples, of which 56 (65.9%) were genotyped as type G. Among these, 49 (87.5%) were G1, five (8.9%) were G4, one (1.8%) was G3 and one (1.8%) was G9. The genotype was found to be type P in 37 samples (43.5%) and all of these were P[8]. The G and P association most observed was G1P[8], with 33 samples (89.2%), followed by G4P[8], two samples (5.4%); G3P[8], one sample (2.7%); and G9P[8], one sample (2.7%).
Palavras-chave: Rotavirus A
Genotipagem
Infecção
Criança
Rotavirus A
Children
Genotyping
Infection
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: ANDREASI, Marcia Sueli Assis; BATISTA, Sonia Maria Fernandes; TOZETTI, Inês Aparecida; OZAKI, Cláudia Okanobo; NOGUEIRA, Mariana Menegusso; FIACCADORI, Fabíola Souza; BORGES, Ana Maria Tavares ; SANTOS, Rodrigo Alessandro Togo; CARDOSO, Divina das Dôres de Paula. Rotavírus A em crianças de até três anos de idade, hospitalizadas com gastroenterite aguda em Campo Grande, estado do Mato Grosso do Sul. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Uberaba, v. 40, n. 4, p. 411-414, jul./ago. 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0037-86822007000400008
Identificador do documento: 10.1590/S0037-86822007000400008
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15425
Data de publicação: Ago-2007
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Márcia Sueli Assis Andreasi - 2007.pdf69,31 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons