Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15582
Tipo do documento: Artigo
Título: Efeito do extrato etanólico bruto e das frações da Hyptidendron canum (Pohl ex Benth.) Harley em brânquias de Oreochromis niloticus L.
Título(s) alternativo(s): Effect of the crude ethanol extract and fractions of Hyptidendron canum (Pohl ex Benth.) Harley on the gills of Oreochromis niloticus L.
Autor: Fiuza, Tatiana de Sousa
Silva, Paulo César
Paula, José Realino de
Tresvenzol, Leonice Manrique Faustino
Ferreira, Heleno Dias
Saboia-Morais, Simone Maria Teixeira de
Resumo: Alguns problemas relacionados à criação intensiva de peixes estão mais evidentes devido ao aumento da aquicultura em todo o mundo, destacando-se os distúrbios nutricionais e o aumento de doenças nos sistemas de produção. Com isso as pesquisas envolvendo produtos derivados de plantas vem ganhando espaço nessa área. A Hyptidendron canum é uma planta utilizada na medicina popular como antimalárica, anti-inflamatória, antiulcerativa e anti-hepatotóxica. Objetivou-se, neste trabalho, avaliar os efeitos celulares e teciduais do extrato etanólico bruto e das frações hexano, clorofórmio e acetato de etila da H. canum nas brânquias de Oreochromis niloticus L. Para isso, o extrato etanólico e as frações foram administrados no peixe através da ração. Após 24 horas da ingestão da ração, os peixes foram sacrificados e o segundo arco branquial de cada um foi processado histologicamente e corado com tricômico de Masson e Hematoxilina e Eosina (HE). Pela análise qualitativa das brânquias ao microscópio de luz, observou-se que o extrato bruto e as três frações promoveram, em diferentes intensidades nas lamelas, descamação e destacamento do epitélio respiratório, alteração da curvatura, desorganização do eixo, hiperplasia celular do tecido epitelial interlamelar e vasodilatação nas lamelas e no vaso central do filamento. Os resultados deste experimento mostraram que o extrato etanólico bruto e as três frações de H. canum promoveram processos inflamatórios e/ou lesões sistêmicas, dose dependente para O. niloticus.
Abstract: Some problems related to intensive fish farming are more evident because of the increased aquaculture worldwide, and we highlight the nutritional disorders and the increase of diseases in the production systems. Thus, research involving plant-derived products has been increasing in this area. The Hyptidendron canum is a plant used in folk medicine as an antimalarial, anti-inflammatory, anti-ulcer and antihepatotoxic agent. This study proposes to evaluate the cellular and tissue effects of the crude ethanol extract and the hexane, chloroform and ethyl acetate fractions of H. canum on the gills of Oreochromis niloticus L. The ethanol extract and fractions were administered through the feed of the fish. Twenty-four hours later, the fish were sacrificed and their second gill arch dissected. Histological analyses were performed using Masson’s trichrome and Haematoxylin and Eosin (H&E). The qualitative analysis of the material showed that the crude extract and the three fractions caused varying degrees of peeling and detachment of the lamellar respiratory epithelium, alterations in the curvature and axis of the gill, cell hyperplasia in the interlamellar epithelium and lamellar vasodilation, as well as vasodilation in the central vessel of the filament. The results of this experiment showed that the crude ethanol extract and the three fractions of H. canum promoted inflammation and/or systemic lesions, dose dependent, for O. niloticus.
Palavras-chave: Cerrado
Plantas medicinais
Tilápia
Toxicidade
Brazilian savannah
Medicinal plants
Tilapia
Toxicity
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Ciências Biológicas - ICB (RG)
Citação: FIUZA, T. S.; SILVA, P. C.; PAULA, J. R.; TRESVENZOL, L. M. F.; FERREIRA, H. D.; SABÓIA-MORAIS, S. M. T. Efeito do extrato etanólico bruto e das frações da Hyptidendron canum (Pohl ex Benth.) Harley em brânquias de Oreochromis niloticus L. Revista Brasileira de Plantas Medicinais, Campinas, v. 17, n. 1, p. 1-8, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/1983-084X/13_044
Identificador do documento: 10.1590/1983-084X/13_044
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15582
Data de publicação: 2015
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Tatiana de Sousa Fiuza - 2015.pdf942,17 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons