Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15593
Tipo do documento: Artigo
Título: Avaliação da toxicidade aguda e subaguda, em ratos, do extrato etanólico das folhas e do látex de Synadenium umbellatum Pax
Título(s) alternativo(s): Acute and subacute toxicity studies of the latex and of the ethanolic extract of the leaves of Synadenium umbellatum Pax in rats
Autor: Cunha, Luiz Carlos da
Azeredo, Flaubertt Santana
Mendonça, Ana Carolina Vêncio
Vieira, Marcelo de Sousa
Pucci, Liuba Laxor
Valadares, Marize Campos
Freitas, Helemi Oliveira Guimarães de
Priuli, Angela Aparecida Servino de Sena
Lino Junior, Ruy de Souza
Resumo: O uso de plantas medicinais tem sido muito significativo nos últimos anos, sendo incentivado pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Synadenium umbellatum Pax, Euphorbiacea (vulgo cola-nota, cancerola, milagrosa) tem o látex usado empiricamente como antitumoral e antiinflamatório. Por existir espécies tóxicas nesta família e visando à segurança no uso de extratos vegetais, tal estudo avaliou a toxicidade pré-clínica do látex e do extrato etanólico das folhas (EEF) de S. umbellatum, por via oral, em ratas Wistar. O estudo seguiu diretrizes do Guideline 423 (toxicidade aguda) e Guideline 407 (toxicidade subaguda) da OECD (Organisation for Economic Cooperation and Development). Na toxicidade aguda do látex e do EEF, não se observou letalidade nem alterações fisiológicas e comportamentais das ratas na dose de 2000 mg/ kg, sendo praticamente atóxico. Porém, na análise histopatológica, o látex ocasionou congestão e infiltrado leucocitário nos rins, fígado e pulmões, efeitos não observados com o EEF. Na toxicidade subaguda, doses de 50, 100 e 200 mg/kg de EEF não produziram alterações dose-dependentes significativas nos parâmetros laboratoriais e fisiológicos, nem alterações macroscópicas e histopatológicas nos órgãos das ratas. Contudo, o uso crônico da planta S. umbellatum merece mais estudos.
Abstract: The use of medicinal plants has been being very significant in the last years, being the use encouraged by WHO. Synadenium umbellatum Pax, Euphorbiacea (popularly known as cola-note, cancerola, miraculous) has the latex used empirically as anti-cancerous and anti-inflammatory. For there being toxic species in this family and aiming at the safety in the use of vegetable extracts, such study evaluated the pre-clinical toxicity of the latex and of the ethanolic extract of the leaves (EEL) of S. umbellatum, administrated by oral route, in Wistar female rats. The study followed OECD’s Guidelines for test of acute toxicity (Guideline 423) and for subacute toxicity (Guideline 407). In the acute toxicity of latex and EEL, behavioral and physiological alterations were not observed neither animal’s death in the dose level of 2,000 mg/kg. However, the latex caused congestion and leukocytes infiltration of the kidneys, liver and lungs, effects not observed with EEL. In the subacute toxicity, dose levels of 50, 100 and 200 mg/kg of EEL did not produced significant dose-dependent alterations in the lab results and no physiologic, macroscopic and hystopathological alterations. EEL of S. umbellatum is practically poisonless in acute exposure; already the latex can cause hystological damages. The chronic use of S. umbellatum needs more specific studies.
Palavras-chave: Synadenium umbellatum
Toxicidade pré-clinica
Toxicidade aguda
Toxicidade subaguda
Synadenium umbellatum
Pre-clinical toxicity
Acute toxicity
Subacute toxicity
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: CUNHA, Luiz C.; AZEREDO, Flaubertt S.; MENDONCA, Ana C. V.; VIEIRA, Marcelo S.; PUCCI, Liuba L.; VALADARES, Marize C.; FREITAS, Helemi O. G.; SENA, Ângela A. S.; LINO JUNIOR, Ruy de Souza. Avaliação da toxicidade aguda e subaguda, em ratos, do extrato etanólico das folhas e do látex de Synadenium umbellatum Pax. Revista Brasileira de Farmacognosia, João Pessoa, v. 19, n. 2A, p. 403-411, abr./jun. 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0102-695X2009000300012
Identificador do documento: 10.1590/S0102-695X2009000300012
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15593
Data de publicação: Jun-2009
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Luiz Carlos da Cunha - 2009.pdf279,08 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons