Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15655
Tipo do documento: Artigo
Título: As cores do ambiente da Unidade de Terapia Intensiva
Título(s) alternativo(s): The colors in environment of the unit of intensive therapy
Los colores en el ambiente de la unidad de la terapia intensiva
Autor: Boccanera, Nélio Barbosa
Boccanera, Sulvia Fernandes Borges
Barbosa, Maria Alves
Brasil, Virginia Visconde
Medeiros, Marcelo
Resumo: Os objetivos deste trabalho foram descrever as cores mais freqüentemente utilizadas nas paredes, tetos, mobiliários e roupas das Unidades de Terapia Intensiva e verificar com os funcionários e pacientes desta unidade as cores que gostariam que existissem dentro deste ambiente e a associação que eles estabelecem com as cores. Foi realizada pesquisa descritiva exploratória, com enfoque quanti-qualitativo. A amostra foi constituída de pacientes e profissionais da UTI de três hospitais públicos de Goiânia em 2002. Observou-se a existência de cores monótonas e neutras nestes ambientes, em tons que vão do branco ao preto, enquanto outras nuanças de cores aparecem num percentual menor. Constatou-se uma preferência pelas cores azul-claro, branco, verde-claro e amarelo entre os dois seguimentos pesquisados. Concluiu-se que as pessoas estabelecem associações com as cores; que a cor pode auxiliar no estabelecimento do equilíbrio e contribuir para harmonia do corpo, da mente e das emoções.
Abstract: The objective of this work was to describe the colors more frequently used in Intensive Care units and to verify with the employees and patient of this the colors that would like that existed inside of this. The exploratory and descriptive research was used, with quanti-qualitative focus. The sample was constituted of patients and professionals of Intensive Care units of three public hospitals of Goiânia in 2002. It was observed in this study, that we have monotonous and neutral colors in these adapt, in tones that are going from the white to the black, the other nuances of colors appear in a percentile one very smaller. A preference was verified by the colors blueclearing, white, green-clear and yellow among the two researched continuations. We conclude that people establish associations with colors; and it can help for balance establishment and to contribute for body, mind and emotions harmony.
Los objetivos de este trabajo fueran describir los colores más frecuentemente usados en las paredes, techos, muebles y ropas de las Unidades de Cuidado Intensivo y verificar con los enfermeros y paciente de esto unidades los colores que quisieran existir en la unidad que están. La investigación fuera del tipo descriptiva y exploratoria, con abordaje quanti-cualitativo. La muestra fue constituida de pacientes y de profesionales de las unidades de cuidado intensivo de tres hospitales públicos de Goiânia en 2002. Fue observado en este estudio la existencia de colores monótonas y neutrales en éstos ambientes, en los tonos que van del blanco al negro, enguanto los otros matices de colores aparecen en un porcentaje uno muy más pequeño. Una preferencia fue verificada por el azul-claro de los colores, blanco, verde-claro y amarillo entre las dos continuaciones investigadas. Concluimos que las personas establecen asociaciones con colores, que esto puede ayudar para el establecimiento del equilibrio e contribuir para la armonía del cuerpo, de la mente e de las emociones
Palavras-chave: Ambiente de instituições de saúde
Cuidados intensivos
Terapia pela cor
Health facility enviroment
Intensive care
Color therapy
Ambiente de instituciones de salud
Terapia por color
País: Brasil
Instituição: Joaquim Tomé de Sousa
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Citação: BOCCANERA, Nélio Barbosa; BOCCANERA, Sulvia Fernandes Borges; BARBOSA, Maria Alves; BRASIL, Virginia Visconde; MEDEIROS, Marcelo. As cores do ambiente da Unidade de Terapia Intensiva. Revista Eletrônica de Enfermagem, Goiânia, v. 6, n. 3, p. 368-373, set./dez. 2004. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/fen/article/view/834/981>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/ree.v6i3.834
Identificador do documento: 10.5216/ree.v6i3.834
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15655
Data de publicação: Dez-2004
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Nélio Barbosa Boccanera - 2004.pdf195,89 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons