Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15793
Tipo do documento: Artigo
Título: Educação sexual na prática pedagógica de professores da rede básica de ensino
Título(s) alternativo(s): Sex education in the pedagogical practice of public school teachers
Educación sexual en la práctica pedagógica de profesores de la red básica de enseñanza
Autor: Rufino, Camila Borges
Pires, Laurena Moreira
Oliveira, Patrícia Carvalho
Souza, Sandra Maria Brunini
Souza, Márcia Maria de
Resumo: Estudo descritivo realizado com 29 professores de três escolas públicas estaduais em Goiânia, Goiás, que responderam a um questionário semiestruturado cujo objetivo foi verificar a prática pedagógica em educação sexual bem como as dificuldades na temática e necessidades de capacitação. A maioria tem entre 25 e 35 anos (74%) e é do sexo masculino (69%). A metade possui pós-graduação (54%) e é da área de ciências humanas (49%). Quase a totalidade tem dificuldade em trabalhar a temática (89%) e necessitam se capacitar (93%). Conteúdos sobre sexualidade não constavam nos Projetos Políticos Pedagógicos (76%) e a disciplina biologia apontada para o ensino da temática (55%), realidade que contradiz os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN), que se pauta pela transversalidade. Há necessidade de parcerias entre a saúde, especialmente a Estratégia Saúde da Família (ESF), e a educação, como a Instituição de Ensino Superior, como suporte didático-pedagógico aos professores da rede básica de ensino para o trabalho em sexualidade.
Abstract: This descriptive study was performed with 29 teachers from three public state schools in Goiânia, Goiás state. The teachers answered a semi-structured questionnaire that aimed at verifying the pedagogical practice in sex education, difficulties related to the theme, and the need for training. Most teachers were male (69%) and aged between 25 and 35 years (74%). Half held a graduate degree (54%) in human sciences (49%). Nearly all teachers find difficulties in working the topic (89%) and need training (93%). Contents on sexuality were not addressed in the Political Pedagogical Projects (76%) and the biology program aimed at teaching the theme (55%), a reality that disagrees with the National Curricular Standards, which is based on transversality. Partnerships between health and education must be established, particularly between the Family Health Strategy the higher education institutions, providing public school teachers with the necessary didactic-pedagogical support to address sexuality in the classroom.
Estudio descriptivo realizado con 29 profesores de tres escuelas públicas estatales en Goiânia-Goiás, que respondieron cuestionario semiestructurado, objetivando verificar la práctica pedagógica en educación sexual, las dificultades en la temática y necesidad de capacitación. La mayoría tiene entre 25 y 35 años (75%), sexo masculino (69%). La mitad posee posgraduación (54%) y pertenece al área de Ciencias Humanas (49%). Casi la totalidad tiene dificultades en trabajar la temática (89%) y necesitan capacitarse (93%). No constaban contenidos sobre sexualidad en los Proyectos Políticos Pedagógicos (76%) y la disciplina biología, señalada para enseñanza de la temática (55%), realidad que contradice los Parámetros Curriculares Nacionales (PCN) que determinan la transversalidad. Existe necesidad de alianzas entre la salud, especialmente la Estrategia Salud de la Familia (ESF) y educación, como la Institución de Enseñanza Superior, como soporte didáctico-pedagógico a profesores de la red básica de enseñanza para el trabajo en sexualidad.
Palavras-chave: Sexualidade
Instituições acadêmicas
Enfermagem
Saúde pública
Sexuality
Schools
Nursing
Public health
Sexualidad
Instituciones académicas
Enfermería
Enfermería
País: Brasil
Instituição: Marcelo Medeiros
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Citação: RUFINO, Camila Borges; PIRES, Laurena Moreira, OLIVEIRA, Patrícia Carvalho; SOUZA, Sandra Maria Brunini; SOUZA, Márcia Maria de. Educação sexual na prática pedagógica de professores da rede básica de ensino. Revista Eletrônica de Enfermagem, Goiânia, v. 15, n. 4, p. 983-991, out./dez. 2013. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/fen/article/view/19941/15728>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/ree.v15i4.19941
Identificador do documento: 10.5216/ree.v15i4.19941
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15793
Data de publicação: Dez-2013
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Camila Borges Rufino - 2013.pdf413,15 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons