Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15797
Tipo do documento: Artigo
Título: Humanização na teoria e na prática: a construção do agir de uma equipe de enfermeiros
Título(s) alternativo(s): Humanization in theory and in practice: the construction of a nursing team’s work
Humanización en la teoría y la práctica: la construcción del accionar de un equipo de enfermeros
Autor: Oliveira, Nara Elizia Souza
Oliveira, Lizete Malagoni Almeida Cavalcante
Lucchese, Roselma
Alvarenga, Giane Cristina
Brasil, Virgínia Visconde
Resumo: Pesquisa descritiva exploratória de abordagem qualitativa, desenvolvida em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) pública de Goiânia-GO, cujo objetivo foi descrever como o saber e o fazer (conceito e prática) humanização da assistência vêm sendo constituídos pelos enfermeiros desta UTI, que integram uma equipe em processo contínuo de formação e estudo científico. A coleta de dados ocorreu em 2011, com sete dos enfermeiros da UTI, por meio de entrevistas semiestruturadas gravadas, transcritas e categorizadas por análise de conteúdo, resultando nas categorias “O Conceito de humanização” e “O fazer no cotidiano da terapia intensiva”. Os enfermeiros conhecem o conceito e sabem como realizar a prática humanizada mas ainda não aplicam esse conhecimento a todas as situações, atribuindo a responsabilidade por isso a fatores externos a si mesmos. É necessário identificar os pontos de estrangulamento nesse processo para ajudar no planejamento das intervenções necessárias para produzir mudanças efetivas no comportamento desses profissionais.
Abstract: This descriptive, exploratory and qualitative study was developed at a public Intensive Care Unit (ICU) in Goiânia (Goiás, Brazil), with the objective to describe the concept and practice of care humanization developed by nurses of the referred ICU, who form a team undergoing a continuous process of development and scientific study. Data collection was performed in 2011, with seven nurses of the ICU, by means of taped semi-structured interviews, which were transcribed and categorized by content analysis, revealing the categories “The concept of humanization” and “Practice in the everyday intensive care routine”. Nurses are familiar with the concept and know how to practice humanized care, but still do not apply that knowledge in every situation, assigning this to external factors. It is necessary to identify the bottlenecks of this process to help plan the interventions needed to produce effective changes in the behavior of these workers.
Investigación descriptiva, exploratoria, cualitativa, desarrollada en Unidad de Terapia Intensiva (UTI) pública de Goiânia-GO, objetivando describir el modo en que el saber y el hacer (concepto y práctica) humanización de la atención vienen constituyéndose en los enfermeros allí actuantes, que integran un equipo en proceso continuo de formación y estudio científico. Datos recolectados en 2011, con siete enfermeros de la UTI mediante entrevistas semiestructuradas grabadas, transcriptas y categorizadas por análisis de contenido, en las categorías: “El concepto de humanización” y “El quehacer cotidiano en Terapia Intensiva”. Los enfermeros conocen el concepto y saben cómo realizar la práctica humanizada, pero no aplican tal conocimiento a todas las situaciones, atribuyendo la responsabilidad por ello a factores externos a sí mismos. Es necesario identificar los cuellos de botella en dicho proceso para ayudar en la planificación de las intervenciones necesarias, para generar cambios efectivos en el comportamiento de tales profesionales.
Palavras-chave: Humanização da assistência
Enfermagem
Unidade de terapia intensiva
Humanization of assistance
Nursing
Intensive care units
Humanización de la atención
Enfermería
Unidades de cuidados intensivos
País: Brasil
Instituição: Marcelo Medeiros
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Citação: OLIVEIRA, Nara Elizia Souza; OLIVEIRA, Lizete Malagoni Almeida Cavalcante; LUCCHESE, Roselma; ALVARENGA, Giane Cristina; BRASIL, Virgínia Visconde. Humanização na teoria e na prática: a construção do agir de uma equipe de enfermeiros. Revista Eletrônica de Enfermagem, Goiânia, v. 15, n. 2, p. 334-343, abr./jun. 2013. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/fen/article/view/17916/14667>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/ree.v15i2.17916
Identificador do documento: 10.5216/ree.v15i2.17916
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/15797
Data de publicação: Jun-2013
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Nara Elizia Souza Oliveira - 2013.pdf392,6 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons