Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16001
Tipo do documento: Artigo
Título: Uso popular de plantas medicinais pelas comunidades de Três Lagoas/MS, Porto Velho/RO e Rio Verde/GO
Título(s) alternativo(s): Popular use of medicinal plants by the communities of Três Lagoas/MS, Porto Velho/RO e Rio Verde/GO
Autor: Pinto, Sandra Maria Eugênia
Tresvenzol, Leonice Manrique Faustino
John, Rosangela Romano Lopes
Alves, Euclenia Oliveira
Paula, José Realino de
Fiuza, Tatiana de Sousa
Resumo: Este trabalho teve como objetivos conhecer o perfil sociocultural dos usuários e verificar o conhecimento sobre plantas medicinais de pessoas atendidas em programas assistenciais nas cidades de Três Lagoas/MS, Rio Verde/GO e Porto Velho/RO. As informações foram obtidas através de entrevistas orientadas por um questionário; as cinco plantas mais citadas foram selecionadas para levantamento bibliográfico. Foram entrevistadas 67 pessoas, a maioria (88%) do sexo feminino e idade entre 35 a 64 anos. Quanto ao grau de instrução, 89,5% afirmaram serem alfabetizados; 73,1% relataram terem vindo da zona rural, enquanto 26,9% sempre residiram no perímetro urbano. Sobre as plantas medi- cinais, 92% afirmaram terem acesso a essas plantas desde crianças e que o conhecimento foi adquirido no convívio familiar. Nas três cidades pesquisadas, as plantas medicinais são utilizadas para vários problemas de saúde, que podem ir de uma gripe ou resfriado a doenças mais graves como o diabetes, a hipertensão arterial e as doenças reumáticas. As folhas foram a parte das plantas mais utilizadas (58,8%) e o chá (infusão) a forma de preparo mais empregada (83,6%). Os motivos alegados para o uso de plantas medicinais foram os bons resultados, a facilidade de obtenção e o baixo custo. Foram citadas 106 plantas pelos nomes populares e as cinco mais citadas foram: boldo nacional (Plectranthus barbatus), boldo de Goiás (Vernonia condensata), erva-cidreira (Lippia alba), hortelã (Mentha sp) e arruda (Ruta graveolens). Verificou-se que essas cinco plantas já apresentam estudos científicos.
Abstract: The aims of this study was to identify the sociocultural profile of users and for knowledge about medicinal plants people attended in welfare programs in the cities of Três Lagoas / MS, Rio Verde / GO and Porto Velho / RO, Brazil. Information was obtained through interviews guided by a questionnaire; the five most cited plants were selected for bibliographic. 67 people were interviewed; the majority (88%) was female and aged between 35 to 64 years. Regarding the level of education, 89.5% reported being literate, 73.1% reported coming from rural areas, while 26.9% have always resided in the urban area. About medicinal plants, 92% reported having access to these plants since childhood and that knowledge was acquired in family life. In the three cities, medicinal plants are used for various health problems, like cold or flu to more serious diseases like diabetes, hypertension and rheumatic diseases. Leaves were the most commonly used plant part (58.8%) and tea (infusion) the most used form of preparation (83.6%). The reasons given for the use of medicinal plants were good results, ease to obtain and low cost. 106 plants were cited by popular names and the five most cited were: national boldo (Plectranthus barbatus), boldo de Goiás (Vernonia condensata), lemon balm (Lippia alba), mint (Mentha sp) and rue (Ruta graveolens). It was found that these five plants have have scientific studies.
Palavras-chave: Medicinal plants
Ethnopharmacology
Ethnobotany
Popular use
Plantas medicinais
Etnofarmacologia
Etnobotânica
Uso popular
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Farmácia - FF (RG)
Citação: PINTO, Sandra Maria Eugênia et al. Uso popular de plantas medicinais pelas comunidades de Três Lagoas/MS, Porto Velho/RO e Rio Verde/GO. Infarma, Brasília, DF, v. 25, n. 2, p. 76-87, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.14450/2318-9312.v25.e2.a2013.pp76-87
Identificador do documento: 10.14450/2318-9312.v25.e2.a2013.pp76-87
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16001
Data de publicação: 2013
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Sandra Maria Eugênia Pinto - 2013.pdf546,2 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons