Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16046
Tipo do documento: Artigo
Título: Estudo farmacognóstico das raízes de Jacaranda decurrens Cham. (carobinha)
Autor: Oliveira, T. B.
Bezerra Netto, Heleno José Costa
Xavier, M. A.
Prado, D. S.
Garrote, Clévia Ferreira Duarte
Ramirez Asquieri, Eduardo
Rezende, Maria Helena
Ferreira, Heleno Dias
Paula, José Realino de
Resumo: Este trabalho estabelece parâmetros farmacognósticos para as raízes de Jacaranda decurrens Cham., Bignoniaceae, conhecida na medicina popular como carobinha. Características morfológicas e histológicas, prospecção fitoquímica, teor de cinzas e de açúcares redutores são descritos. Encontrou-se presença de esteróides/triterpenos, açúcares redutores, amido, mucilagem e saponinas. O teor de cinzas totais foi de 2,21%, e insolúveis em ácido de 0,63%; a umidade, de 6,42% e o teor de açúcares redutores foi de 2,77%.
Abstract: This work stablishes pharmacognostic parameters to Jacaranda decurrens Cham. roots, Bignoniaceae, known in the folk medicine as carobinha. Morphological and histological characteristics, phytochemical tests, ash and reducing sugars contents are descripted. The results showed steroids/ triterpenes, sugars reducers, starch, mucilage and saponinas presence; the tenor of total ashes was of 2,21%, and insoluble in acid of 0,63%; the humidity of 6,42% and the tenor of sugars reducers was of 2,77%.
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Farmácia - FF (RG)
Citação: OLIVEIRA, T. B. et al. Estudo farmacognóstico das raízes de Jacaranda decurens Cham. (Carobinha). Revista Brasileira de Farmacognosia, Maringá, v. 13, supl. 1, p. 54-55, 2003.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0102-695X2003000300020
Identificador do documento: 10.1590/S0102-695X2003000300020
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16046
Data de publicação: 2003
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - T. B. Olveira - 2003.pdf374,1 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons