Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16131
Tipo do documento: Artigo
Título: Contaminação de torniquetes para punção intravenosa periférica
Título(s) alternativo(s): Contamination of tourniquets for peripheral intravenous puncture
Autor: Batista, Késia Cristina de Oliveira
Tipple, Anaclara Ferreira Veiga
Leão-Vasconcelos, Lara Stefânia Netto de Oliveira
Ribeiro, Evandro Leão
Prado, Marinésia Aparecida do
Resumo: Objetivo: Identificar a presença de contaminação em torniquetes para punção intravenosa periférica e caracterizar o perfil dos Staphylococcus spp. e leveduras isolados. Métodos: Estudo transversal que inseriu análise de 18 torniquetes para punção intravenosa periférica em uso no hospital. Os torniquetes foram imersos em caldo BHI por 24h e cultivados em meios seletivos para isolamento e identificação de Staphylococcus spp. e leveduras. O método disco-difusão foi empregado para analisar o perfil de suscetibilidade dos Staphylococcus spp. aos antimicrobianos. Resultados: Treze (72,2%) torniquetes apresentaram crescimento de algum micro-organismo sendo 11 (52,4%) Staphylococcus coagulase-negativo, dois (9,5%) Staphylococcus aureus, quatro (19%) Rodothorula mucilaginosa, três (14,3%) Candida albicans. 61,5% dos Staphylococcus spp. apresentaram resistência a oxacilina. Os profissionais da equipe não relataram protocolos para limpeza, desinfecção ou substituição controlada destes materiais na instituição. Conclusão: Foi identificada a contaminação de torniquetes por micro-organismos patogênicos com perfil de resistência aos antibióticos muito utilizados em instituições hospitalares.
Abstract: Objective: To identify the presence of contamination on tourniquets for peripheral intravenous puncture and to characterize the profile of the Staphylococcus spp. and the isolated yeasts. Methods: Cross-sectional study in which 18 tourniquets for peripheral intravenous puncture in use at a hospital were analyzed. The tourniquets were immersed in BHI broth for 24h and cultivated in selective media for isolation and identification of Staphylococcus spp. and yeasts. The disk-diffusion method was employed to analyze the susceptibility profile of the Staphylococcus spp. to the antimicrobial agents. Results: Thirteen (72.2%) tourniquets presented the growth of some microorganism: 11 (52.4%) coagulasenegative Staphylococcus, two (9.5%) Staphylococcus aureus, four (19%) Rodothorula mucilaginosa, three (14.3%) Candida albicans. 61.5% of the Staphylococcus spp. were oxacillin-resistant. The team professionals did not mention protocols for cleaning, disinfection or controlled replacement of these materials at the institution. Conclusion: The contamination of tourniquets by pathogenic microorganisms was identified, with a resistance profile to the antibiotics that are frequently used in hospitals.
Palavras-chave: Cuidados de enfermagem
Enfermagem prática
Pesquisa em enfermagem
Torniquetes/efeitos adversos
Contaminação de equipamentos
Infecções estafilocócicas
Nursing care
Nursing practical
Nursing research
Tourniquets/adverse effects
Equipament contamination
Staphylococcal infections
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Citação: BATISTA, Késia Cristina de Oliveira et al. Contaminação de torniquetes para punção intravenosa periférica. Acta Paulista de Enfermagem, São Paulo, v. 28, n. 5, p. 426-432, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/1982-0194201500072
Identificador do documento: 10.1590/1982-0194201500072
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16131
Data de publicação: 2015
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Késia Cristina de Oliveira Batista - 2015.pdf143,38 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons