Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/162
Tipo do documento: Artigo publicado em periódico científico
Título: Surto de macracantorrincose em queixada (Tayassu pecari) criado extensivamente nos arredores de Goiânia - estado de Goiás, Brasil: uma zoonose em potencial
Título(s) alternativo(s): Macracanthorhynchus hirudinaceus infection outbreak in white-lipped peccary, Tayassu pecari, raised extensively on the outskirts of Goiânia, State of Goiás, Brazil: a potential zoonosis
Autor: Souza, Marcos de Almeida
Linhares, Guido Fontgalland Coelho
Oliveira, Willian P. de
Araújo, José Luiz de Barros
Sobestiansky, Jurij
Abstract: A macracantorrincose é considerada uma zoonose e, em virtude especialmente das características do sistema de criação, é praticamente inexistente na suinocultura moderna. Este trabalho tem como objetivo comunicar a ocorrência e as alterações anatomopatológicas de um surto de macracantorrincose causada por Macracanthorhynchus hirudinaceus em uma criação comercial de queixadas, Tayassu pecari. A criação, localizada nos arredores da cidade de Goiânia, Goiás, devidamente registrada no Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis, era composta por 150 animais de diferentes faixas etárias, os quais ocupavam uma área de 4,6 hectares, cercada por tela e com um curral de manejo em um dos piquetes. Além do pastejo os animais eram alimentados com milho e mandioca. No plantel houve mortalidade de 15 animais com idade inferior a 1 ano. Cinco destes animais foram necropsiados e, em seguida, foi realizada a colheita de amostras para exame microscópico e parasitológico. Na necropsia foram observadas: intensa deposição de fibrina sobre as vísceras abdominais, presença de líquido avermelhado na cavidade abdominal e extensa área de hemorragia e necrose no epíplon. A parede externa do intestino delgado apresentava inúmeros nódulos avermelhados, que à luz intestinal evidenciavam a presença de parasitos com corpo achatado e a probóscide aderida à mucosa intestinal. No exame histopatológico dos nódulos intestinais, verificou-se um infiltrado inflamatório granulomatoso acentuado, com fibroplasia moderada associada à presença de ovos, de larvas e da porção anterior do parasito. O exame parasitológico identificou o parasito como Macracanthorhynchus hirudinaceus, confirmando-se o surto de macracantorrincose. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ Macracanthorhynchus hirudinaceus infection which currently does not occur in modern swine production systems, mainly due to the raising characteristics, is considered a zoonosis. The purpose of this paper is to report the occurrence and the anatomopathological diagnosis of an outbreak of Macracanthorhynchus hirudinaceus infection in a commercial farm of white-lipped peccaries. At the farm, located on the outskirts of the city of Goiânia in the State of Goiás, and registered in the Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis , there were 150 animals of different ages, living in an area of 4.6 hectares, surrounded with wire screen fence and with a special paddock used for management. Besides foraging, the animals were fed with corn and cassava. In the stock, a mortality of 15 animals, less than one year old, was registered. Post-mortem examination was carried out on five of them, and samples were sent for microscopic and parasitological examination. Intense deposition of fibrin on abdominal organs, presence of reddish liquid in the abdominal cavity, large hemorrhagic area and necrosis of the epiploon were found in the post-mortem examination. In the small intestine wall there were many reddish nodules with flattened body parasites inside. These parasites had their proboscides attached to the intestinal mucosa. A granulomatous inflammatory infiltrate with moderate fibroplasia associated to the presence of eggs, larvae and proboscis of the adult parasite were found in the histopathological examination. During the parasitological examination the parasite was identified as Macracanthorhynchus hirudinaceus, confirming the outbreak.
Citação: SOUZA, Marcos de Almeida; LINHARES, Guido Fontgalland Coelho; OLIVEIRA, Willian P. de; ARAÚJO, José Luiz de Barros; SOBESTIANSKY, Jurij. Surto de macracantorrincose em queixada (Tayassu pecari) criado extensivamente nos arredores de Goiânia - estado de Goiás, Brasil: uma zoonose em potencial. Revista de Patologia Tropical, Goiânia, GO, v. 34, n.3, 2005. Disponível em: <http://www.revistas.ufg.br/index.php/iptsp/article/view/1928/1862>.
Tipo de acesso: Open Access
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/162
Data de publicação: 31-Jan-2006
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
SURTO DE MACRACANTORRINCOSE.pdf383,85 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons