Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16206
Tipo do documento: Artigo
Título: Avaliação dos níveis das hemoglobinas A2 e Fetal dosadas por HPLC em estudantes hígidos da Universidade Católica de Goiás
Título(s) alternativo(s): Evaluation of Fetal and A2 hemoglobin by HPLC in students at Catholic University of Goias
Autor: Reis, Paulo Roberto de Melo
Diniz Filho, Jose Alexandre Felizola
Penna, Karlla Greick Batista Dias
Mesquita, Mauro Meira de
Costa, Sérgio Henrique Nascente
Castro, Frank Sousa
Ternes, Yves Mauro Fernandes
Mascarenhas, Cintia do Couto
Lee, Chen Chen
Resumo: As talassemias são distúrbios hereditários da hemoglobina e estão relacionadas ao processo de miscigenação e da dinâ- mica dos genes em cada população. Existem dois grupos de talassemias, as do tipo alfa e as do tipo beta. A forma de prevenção é o diagnóstico precoce, conscientização e acompanhamento clínico do afetado. Dentre os testes utilizados para o diagnóstico das beta ta- lassemias estão a dosagem de hemoglobinas HbA 2 e fetal. Neste trabalho realizamos uma avaliação da variação dos níveis das hemo- globinas A 2 e F, em 214 pacientes hígidos, estudantes da Universidade Católica de Goiás. A dosagem das hemoglobinas foi realizada pela metodologia da cromatografia líquida de alta performance (HPLC). Os resultados mostraram que 12,6% e 5,1% dos pacientes, apresentaram valores de HbA 2 e HbF, respectivamente, acima do recomendado pela metodologia. Contudo, observamos que os valo- res de referência atualmente utilizados para a Hb A 2 estão dentro de limites bastante estreitos. Concluímos com esse trabalho que se faz necessário uma revisão e conseqüentemente ampliação dos valores de referência para a Hb A 2 , para a metodologia da HPLC, vi- sando uma melhor aplicação no diagnóstico das beta talassemias.
Abstract: Thalassemias are hemoglobin hereditary disturbances related to the racial mixing and gene dynamics in each popula- tion. There are two groups of thalassemias, alfa and beta. The prevention is the precocious diagnostic, education and clinical obser- vance of the affected individuals. Among the used tests for beta thalassemias are the measurement of HbA2 and fetal hemoglobins. In this study we evaluate the variation levels of hemoglobins A2 and F in 214 healthy patients that are also students of the Catholic University of Goias. The hemoglobin measurement was carried out by high performance liquid chromatography (HPLC) methodology. The results show that 12,6% and 5,1% of the patients presented values of HbA2 and HbF above the limits of the methodology. Howe- ver, we observed that the reference values used nowadays for HbA2 fraction are within very narrow limits. We conclude which it is necessary a revision and consequently a change toward an amplification of these adopted reference values for HPLC methodology ai- ming a better use in the beta thalassemias diagnostic.
Palavras-chave: Talassemia beta
HPLC
Hemoglobina A 2
Diagnóstico laboratorial
Hemoglobina fetal
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Ciências Biológicas - ICB (RG)
Citação: MELO-REIS, Paulo Roberto de et al. Avaliação dos níveis das hemoglobinas A2 e Fetal dosadas por HPLC em estudantes hígidos da Univrsidade Católica de Goiás. Revista Brasileira de Análises Clínicas, Rio de Janeiro, v. 38, n. 4, p. 231-233, 2006.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16206
Data de publicação: 2006
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Paulo Roberto de Melo Reis - 2007.pdf99,68 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons