Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16212
Tipo do documento: Artigo
Título: Acidentes com material biológico entre estudantes de odontologia no estado de Goiás e o papel das instituições de ensino
Título(s) alternativo(s): Accidents with biological material among dental students in the state of Goiás and the role of education institutions
Autor: Lima, Liwcy Keller de Oliveira Lopes
Tipple, Anaclara Ferreira Veiga
Barros, Dayane Xavier de
Ferreira, Priscilla S.
Paiva, Enilza Maria Mendonça de
Simões, Luciana Leite Pineli
Resumo: Estudo epidemiológico retrospectivo descritivo que teve como objetivos verificar a frequência e o perfil dos acidentes com material biológico entre estudantes de odontologia atendidos em um serviço de referência e caracterizar as condutas pré e pós-exposição e de acompanhamento recomendadas para esse grupo. A coleta de dados foi realizada de outubro de 2010 a abril de 2011. Foram analisadas fichas de registros de acidentes com material biológico entre estudantes de odontologia atendidos, desde o primeiro registro de acidente até dezembro de 2010. Dos 701 acidentes entre a equipe odontológica atendidos, 141 (20,1%) ocorreram entre estudantes, sendo o primeiro registro observado no ano 2000. A maioria dos acidentes ocorreu em Goiânia (134; 95,0%). A exposição percutânea (133; 95,1%) foi a mais frequente e a agulha com lúmen o objeto mais envolvido nesses acidentes (51; 38,1%). A adesão à vacina contra hepatite B e ao acompanhamento clínico-laboratorial foi considerada baixa. O estabelecimento de protocolos de acidentes ocupacionais, feitos pela própria instituição de ensino, e que além da notificação, priorizem o acompanhamento e a evolução de cada caso, poderá contribuir para uma maior adesão às condutas pós-exposição entre essa população.
Abstract: This is an epidemiological, retrospective and descriptive study which the objective was to evaluate the frequency and profile of accidents with biological material among dental students attending a reference hospital and to characterize the pre-and post-exposure behavior and monitoring program recommended for this group. Data collection was conducted from October 2010 to April 2011. Records of the accidents with biological material between dental students attended since the first record of an accident until December 2010. Of the 701 accidents between the dental team assisted, 141 (20.1%) occurred among students, and observed the first record in 2000. Most accidents occurred in Goiânia (134, 95.0%). A percutaneous exposure (133, 95.1%) was the most frequent and lumen needle the object more involved in these accidents (51, 38.1%). Adherence to hepatitis B vaccine and to the clinical-laboratory was considered low. Establishing protocols for occupational accidents, made by the educational institution, and that in addition to notification, prioritize the monitoring and progress of each case, could contribute to greater adherence to post-exposure behaviors among this population.
Palavras-chave: Exposição a agentes biológicos
Odontologia
Estudantes de odontologia
Exposure to biological agents
Dentistry
Students
Dental
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Citação: LIMA, Liwcy K. O. L. et al. Acidentes com material biológico entre estudantes de odontologia no estado de Goiás e o papel das instituições de ensino. Robrac: revista odontológica do Brasil Central, Goiânia, v. 21, n. 58, p. 553-559, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16212
Data de publicação: 2012
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Liwcy Keller de Oliveira Lopes Lima - 2012.pdf601,45 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons