Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16327
Tipo do documento: Artigo
Título: Suscetibilidade do E. faecalis e S.aureus a vários antimicrobianos
Título(s) alternativo(s): Antibiotic susceptibility of Enterococcus faecalis and Staphylococcus aureus
Autor: Alves, Regis Augusto Aleixo
Sampaio, Felipe Cavalcanti
Guedes, Orlando Aguirre
Alencar, Ana Helena Gonçalves de
Estrela, Cyntia Rodrigues de Araújo
Estrela, Carlos
Resumo: Objetivo: Verificar a suscetibilidade do Enterococcus faecalis e Staphylococcus aureus frente a diferentes agentes antimicrobia- nos por meio do teste de difusão em ágar. Material e Método: Para o experimento foram utilizados os seguintes antimicrobia- nos: amoxicilina + ácido clavulânico, amoxicilina, azitromicina, cefalexina, ciprofloxacina, eritromicina, clindamicina, penicilina G, oxacilina e vancomicina. Vinte placas de Petri com 20 mL de BHIA inoculadas com 0,1 mL da suspensão microbiana foram semeadas com o auxílio de swabs estéreis. Cem discos contendo os agentes antimicrobianos testados foram colocados em con- tato direto com a superfície do BHIA (n= 10, para cada grupo). As placas foram mantidas por 1 hora à temperatura ambiente e então incubadas a 37oC por 48 horas. Decorrido este período, mensurou-se os diâmetros dos halos de inibição microbiana, indicadores da eficácia ou não dos agentes testados, com o em- prego de um paquímetro digital. Resultados: Entre os agentes microbianos testados, a oxacilina não promoveu halo de inibi- ção apenas para o E. faecalis. A amoxicilina associada ao ácido clavulânico, amoxicilina e penicilina G evidenciaram potencial antimicrobiano principalmente contra o S. aureus. Conclusão: Os agentes antimicrobianos avaliados demonstrou efetividade sobre os indicadores microbianos, com valores médios dos ha- los de inibição entre 15 e 35 milímetros, exceto a oxacilina para o E. faecalis.
Abstract: Objective: It was assess the antibiotic susceptibility of E. fae- calis and S. aureus by using agar diffusion test. Material and Me- thods: For the experiment the following antibiotics were used: amoxicillin+clavulanic acid; amoxicillin; azithromycin, cephale- xin, ciprofloxacin, erythromycin, clindamycin, penicillin G, oxa- cillin and vancomycin. Twenty Petri plates with 20 mL of BHIA inoculated with 0.1 mL of bacterial infusion were sowed by steri- lized swabs. A hundred antibiotic discs were placed on BHIA pla- tes (n=10, for each group). The plates were maintained for 1 hour at room temperature and then incubated at 37oC for 48 hours. After that, the diameters of bacterial inhibition were measured, indi- cating the efficacy or not efficacy of the antibiotics, with the use of a digital caliper. Results: Among the products tested, the oxacillin did not promote inhibition zone only for E. faecalis. The amoxy- cillin associated with clavulanic acid, amoxicillin and penicillin G showed activity mainly against S. aureus. Conclusion: The most antimicrobial agents evaluated demonstrated effectiveness on microbial indicators, with average values of the inhibition zone between 15 and 35 millimeters, except oxacillin for the E. faecalis.
Palavras-chave: Infecção endodôntica
Atividade antimicrobiana
E. faecalis
S. aureus
Endodontic infection
Antimicrobial activity
Enterococcus faecalis
Staphylococcus aureus
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Odontologia - FO (RG)
Citação: ALVES, Regis A. A. et al. Suscetibilidade do E. faecalis e S.aureus a vários antimicrobianos. Robrac: revista odontologica do Brasil Central, Goiânia, v. 21, n. 56, p. 426-429, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16327
Data de publicação: 2012
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Regis Augusto Aleixo Alves - 2012.pdf449,92 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons