Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16390
Tipo do documento: Artigo
Título: Análise microscópica de polpas de dentes humanos permanentes traumatizados
Autor: Bruno, Kely Firmino
Alencar, Ana Helena Gonçalves de
Estrela, Carlos
Batista, Aline Carvalho
Pimenta, Fabiana Cristina
Resumo: O presente estudo tem como objetivos analisar microscopicamente a polpa de 20 dentes humanos permanentes traumatizados com coroa intacta e diagnóstico clínico de necrose pulpar, e avaliar a confiabilidade desse diagnóstico mediante os achados histopatológicos. As amostras de polpas removidas foram coradas pelas técnicas de Hematoxilina e Eosina, para avaliar possíveis alterações morfológicas, e pelo método de Brown e Brenn, para verificação de microrganismos. As análises - subjetiva geral e estatística (análise de diagnóstico) - revelaram que 3 dentes (15%) não apresentaram tecido pulpar, sendo caracterizados como autólise total, e 17 (85%) tiveram suas amostras de polpas analisadas à microscopia, sendo que 3 (15%) apresentaram necrose parcial sem condições de reparo e 14 (70%), necrose total; em 12 (65%) das 17 amostras de polpas, pôde ser verificada, pelo método de Brown e Brenn, a presença de microrganismos e nenhum dos critérios clínicos empregados no diagnóstico de necrose pulpar em dentes traumatizados foi patognomônico. Diante dos resultados, as seguintes conclusões podem ser destacadas: a) mediante os achados microscópicos, 100% dos dentes traumatizados estavam necróticos e em 65% destes, constatou-se presença de microrganismos; b) os testes de vitalidade pulpar ao calor, ao frio e o teste de percussão vertical foram os mais confiáveis para o diagnóstico de necrose pulpar nos dentes traumatizados.
Abstract: This study microscopically analyzed the pulp of 20 human permanent traumatized teeth with intact crowns and clinical diagnosis of pulp necrosis, and evaluated this diagnosis concerning histopatologic findings. The removed pulp specimens were stained with hematoxylin and eosin, for evaluation of possible morphological alterations, and Brown e Brenn method, to verify microorganisms. General subjective analysis and statistical analyses (diagnostic analysis) revealed that 3 teeth (15%) did not present pulp tissue, being characterized as complete autolysis; analysis of pulp samples was performed on the other 17 (85%) cases, among which 3 (15%) exhibited partial necrosis without possibility of repair and 14 (70%) presented complete necrosis; in 12 (65%) out of 17 pulps the presence of microorganisms could be conformed by Brown and Brenn method and none of the clinical criteria employed for the diagnosis of pulp necrosis in traumatized teeth was pathognomonic. The present results allowed the following conclusions: concerning the microscopic findings, 100% of traumatized teeth presented pulp necrosis and 65% of them with microorganisms; the pulp vitality tests to heat, cold and vertical percussion test were the most reliable to diagnose pulp necrosis in traumatized teeth.
Palavras-chave: Traumatismo
Microscopia
Necrose pulpar
Trauma
Pulp necrosis
Microscopy
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Odontologia - FO (RG)
Citação: BRUNO, Kely Firmino et al. Análise microscópica de polpa de dentes humanos permanentes traumatizados. Revista de Odontologia da UNESP, Araraquara, v. 38, n. 1, p. 15-21, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16390
Data de publicação: 2009
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Kely Firmino Bruno - 2009.pdf1,24 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons