Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16420
Tipo do documento: Artigo
Título: Endoscope reprocessing using glutaraldehyde in endoscopy services of Goiânia, Brazil
Título(s) alternativo(s): O reprocessamento de endoscópios pelo uso do glutaraldeído: a realidade em serviços de endoscopia de Goiânia, GO
Autor: Barbosa, Jackeline Maciel
Souza, Adenicía Custódia Silva
Tipple, Anaclara Ferreira Veiga
Pimenta, Fabiana Cristina
Leão, Lara Stefania Netto de Oliveira
Silva, Silvia Rita Marin Caninni
Resumo: Contexto - A segurança do procedimento endoscópico depende do uso de um aparelho adequadamente reprocessado e a qualidade do reprocessamento está relacionada a cada uma das etapas operacionais desse processo. Objetivo - Caracterizar o reprocessamento de endoscópios pelo uso do glutaraldeído em serviços de endoscopia. Métodos - Estudo conduzido em 20 serviços de endoscopia digestiva do município de Goiânia, GO. A amostra se constituiu de endoscópios utilizados para endoscopia digestiva alta. Os dados foram obtidos mediante observação direta de 60 reprocessamentos de endoscópios. Resultado - Foram observadas falhas em todas as etapas do reprocessamento. Em 24 (40,0%) endoscópios foi realizada a pré-lavagem. Na etapa da limpeza, foi identificado o uso inadequado do detergente enzimático e em 27 (45,0%) não foi realizada a escovação dos canais internos. Todos os 60 endoscópios foram submetidos ao desinfetante, entretanto para 33 (55,0%) não foi aspirado o produto nos canais internos. O tempo de exposição ao glutaraldeído foi observado apenas para 12 (20%) dos endoscópios. O enxágue de 54 (90,0%) dos endoscópios ocorreu com o uso de água não-filtrada e, para a secagem dos canais internos, apenas 6 (10,0%) utilizaram o ar comprimido. Foram identificadas condições adequadas para o armazenamento. Conclusão - Considerando as particularidades do reprocessamento dos endoscópios é imperativo estabelecer protocolos para assegurar a qualidade da desinfecção e a prevenção da contaminação cruzada.
Abstract: Context - The endoscopic procedure safety depends on the use of an adequately reprocessed device which quality is related to each of its operational steps. Objective - To characterize the reprocessing of endoscopes using glutaraldehyde in endoscopy services Methods - Study was conducted by observing the reprocessing of 60 endoscopes from 20 medical practices of the municipality of Goiânia, GO, central area of Brazil. Results - This study showed failure in all reprocessing steps. The pre-washing was performed in 24 (40.0%) of the endoscope. In the cleaning steps, was identify the improper use of enzymatic detergent, and in 27 (45.0%) cases, the brushing of internal channels was not performed. All 60 endoscopes were submitted to this disinfectant. However, for 33 (55.0%) of the cases the internal channels was not filled. The total immersion of endoscope in the glutaraldehyde was not performed in 39 (65.0%) cases. The recommended minimum total immersion time for exposure to 2% glutaraldehyde solution was followed only for 12 (20.0%) endoscopes. There was no filter for water treatment used in the rinse of most endoscopes 54 (90.0%) and to dry the internal channels only 6 (10.0%) of them used compressed air. Adequate storing conditions were identified. Conclusion - Considering the particularities of the endoscope and its reprocessing, it is imperative to establish protocols to ensure the quality of the disinfection and the prevention of cross-contamination.
Palavras-chave: Endoscopes gastrointestinal
Disinfection
Equipment contamination
Glutaral
Endoscópios gastrointestinais
Desinfecção
Contaminação de equipamentos
Glutaral
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Citação: BARBOSA, Jackeline et al. Endoscope reprocessing using glutaraldehyde in endoscopy services of Goiânia, Brazil. Arquivos de Gastroenterologia, São Paulo, v. 47, n. 3, p. 219-224, July/Sept. 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0004-28032010000300002
Identificador do documento: 10.1590/S0004-28032010000300002
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16420
Data de publicação: Set-2010
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Jackeline Maciel Barbosa - 2010.pdf173,82 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons