Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16520
Tipo do documento: Artigo
Título: Qualidade de imagens radiográficas processadas em consultórios odontológicos e em laboratório
Título(s) alternativo(s): Quality of radiographic image processed in dental offices and laboratory
Autor: Guimarães, Carolina dos Santos
Pontual, Andrea dos Anjos
Khoury, Helen Jamil
Rodrigues, Cleomar Donizeth
Estrela, Carlos
Silveira, Márcia Maria Fonseca da
Resumo: Objetivos: Este estudo avaliou a qualidade de imagens radio- gráficas expostas em consultórios odontológicos e processadas nos próprios consultórios por cirurgiões-dentistas e/ou auxi- liares ou em laboratório, por pesquisadores. Métodos: Dezoito consultórios odontológicos participaram da pesquisa. Cada um recebeu um par de caixas de filmes periapicais Kodak Ektas- peed, os quais foram expostos conjuntamente, com um molar inferior extraído. O tempo de exposição variou em função do consultório odontológico. A auxiliar e/ou o cirurgião-dentista realizaram o processamento de um dos filmes, com as mesmas técnicas e recursos utilizados habitualmente (Grupo 1). O ou- tro filme foi processado por pesquisadores em no Laboratório de Metrologia da Universidade de Pernambuco (Grupo 2). Por meio de questionário, dois radiologistas avaliaram a nitidez, densidade, contraste, definição do esmalte, dentina e junção amelodentinária, erros presentes nas imagens e se cada imagem podia ser suficiente para um bom diagnóstico. A análise estatística foi analisada utilizando o teste do Qui-quadrado e o teste exato de Fisher. Resultados: O Grupo 2 demonstrou maior número de radiografias com baixa densidade e radiografias escuras (p<0,05). O Grupo 1 apresentou maior número de ra- diografias claras, com pontos escuros, pontos marrons e radio- grafias arranhadas (p<0,05). Não houve diferença estatística sig- nificante em relação à nitidez, contraste, definição do esmalte, dentina e junção amelodentinária, presença de pontos claros e capacidade de levar a um bom diagnóstico (p>0,05). Conclusões: Este estudo sugeriu que imagens radiográficas produzidas em consultórios odontológicos apresentam imperfeições na técnica de execução e no processamento. Entretanto, apesar da impor- tância do correto processamento radiográfico, a sobre-exposição de filmes foi a maior causa de falhas na qualidade da imagem.
Abstract: This work aims evaluate subjectively the quality of radio- graphic images exposed in dental offices and processed in proper dental offices by surgeon-dentists and/or assistants or in laboratory, by researchers. Methods: Eighteen dental offic- es integrated the research. Each one received a pair of Kodak Ektaspeed periapical films which was exposed together with an extracted inferior molar. The exposition time varied in function of each dental office. The assistant and/or surgeon dentist car- ried through the processing of one of the films, with the same technique and resources used habitually (Group 1). The other film was processed by researchers in the Laboratory of Metrol- ogy of Federal University of Pernambuco (Group 2). Through a questionnaire, two radiologists evaluated the sharpness, den- sity, contrast, definition of enamel, dentine and amelodentinary junction, errors present in the images and if each image would be enough for a good diagnosis. Results: Through Chi-Square or Fisher ́s Exact test, it was observed that Group 2 got a big- ger number of radiographs with low density and dark radio- graphs (p-value<0,05). Group 1 presented a bigger number of clear radiographs, with dark spots, brown spots and scratch ra- diographs (p-value<0,05). There wasn’t statistical significant dif- ference in relation to sharpness, contrast, definition of enamel, dentine, and amelodentinary junction, presence of clear spots and the capacity of carrying through a good diagnosis (p-val- ue>0.05). Conclusions: This study suggested that radiographic images produced in dental office present imperfections in tech- nique execution and in the processing. However, despite the im- portance of a correct radiographic processing, the overexposure of the films was the major cause of flaws in image quality.
Palavras-chave: Diagnóstico por imagem
Qualidade de imagem
Radiografia dentária
Filmes radiográficos
Diagnostic imaging
Image quality
Dental radiography
Diagnostic
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Odontologia - FO (RG)
Citação: GUIMARÃES, Carolina S. et al. Qualidade de imagens radiográficas processadas em consultórios odontológicos e em laboratório. Robrac: revista odontologica do Brasil Central, Goiânia, v. 20, n. 52, p. 88-91, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16520
Data de publicação: 2011
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Carolina dos Santos Guimarães - 2011.pdf690,17 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons