Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16593
Tipo do documento: Artigo
Título: Da matéria ao sujeito: inquietação patrimonial brasileira
Autor: Lima Filho, Manuel Ferreira
Resumo: Neste artigo visito algumas idéias e práticas que marcaram o saber e o fazer inerentes ao tema do patrimônio cultural brasileiro. A intenção é procurar fugir não apenas das explicações repetitivas, históricas e já desgastadas que permeiam a política denominada “de pedra e cal”, mas também da moda do patrimônio imaterial como se fosse uma política redentora do patrimônio brasileiro. A oscilação entre esses dois pólos conceituais é identificada aqui como um trauma que norteou, até o momento, as políticas patrimoniais do país. Aponto que é preciso sair dessa velha tensão, na realidade um falso problema, que pode desfocar a compreensão/interpretação e ressemantização social do patrimônio pelos grupos sociais, que deveria ser a razão, a priori, da existência de tais políticas. Nessa cartografia das políticas públicas brasileiras relacionadas ao patrimônio cultural, jogo luz para focar o lugar da Antropologia, sua contribuição e seus limites, como área de conhecimento interlocutora crescente na reconstrução de tais políticas.
Abstract: In this article, I review some ideas and actions that have marked the knowledge and making of the Brazilian cultural heritage subject. The intention is to avoid historical and old explanations of the politics of “pedra e cal” (“stone and lime”), but also the vogue of the intangible heritage as if it could save the public politics of the Brazilian heritage culture. The oscillation between these two conceptual ideas is identified in this reflection as a trauma that guided until recently the patrimonial politics of the country. This paper affirms that it is necessary to deny this old tension, which is in fact a false problem that may not allow the understanding/interpretation and ressignification of cultural heritage for the social groups. This should be the reason, a priori, of the existence of such politics. In this cartography of Brazilian public politics, related to the cultural heritage, I shed light on Anthropology, its contribution and its limits as a knowledge field, and also an increasing actor in the reconstruction of this politics.
Palavras-chave: Patrimônio cultural
Políticas públicas
Antropologia
Heritage culture
Public politics
Anthropology
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Ciências Sociais - FCS (RG)
Citação: LIMA FILHO, Manuel Ferreira. Da matéria ao sujeito: inquietação patrimonial brasileira. Revista de Antropologia, São Paulo, v. 52, n. 2, p. 605-632, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0034-77012009000200005
Identificador do documento: 10.1590/S0034-77012009000200005
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16593
Data de publicação: 2009
Aparece nas coleções:FCS - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Manuel Ferreira Lima Filho - 2009.pdf128,94 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons