Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/166
Tipo do documento: Artigo publicado em periódico científico
Título: Resistência acaricida em larvas de Rhipicephalus sanguineus (Acari: Ixodidae) de Goiânia-GO, Brasil
Título(s) alternativo(s): Acaricide resistance in Rhipicephalus sanguineus (Acari: ixodidae) larvae from
Autor: Borges, Lígia Miranda Ferreira
Soares, Sara Fernandes
Fonseca, Iracele Nogueira
Chaves, Vanessa Vieira
Louly, Carla Cristina Braz
Abstract: Fêmeas ingurgitadas de Rhipicephalus sanguineus foram colhidas em cães provenientes de diferentes regiões de Goiânia e incubadas para a produção de larvas. Usando-se um teste de imersão, larvas de 7 a 21 dias de idade foram testadas ante os seguintes acaricidas e concentrações (em ppm): amitraz (250, 125, 62,5 e 31,2), coumafós (500, 250, 125 e 62,5), cipermetrina (150, 75, 37,5 e 18,7), deltametrina (25, 12,5, 6,2 e 3,1) e fipronil (312, 156, 78, 39 e 19,5). Cálculos das DL50 e DL99 foram feitos por meio do programa de análise do probito. Cepas com DL99 acima daquelas recomendadas pelo fabricante ou pela literatura foram consideradas como resistentes. Nenhuma das 15 amostras testadas ante o amitraz teve a DL99 superior à concentração recomendada. Ante a deltametrina, a cipermetrina e o coumafós, nove (75%), sete (78%) e sete (78%) amostras, respectivamente, tiveram DL99 superior à recomendada. As DL50 variaram de 4 a 16 ppm, 0,3 a 3,2 ppm, 1 a 20 ppm e 17 a 75 ppm em relação a amitraz, deltametrina, cipermetrina e coumafós, respectivamente. Houve mortalidade de 100% das larvas testadas em todas as concentrações do fipronil. Estes resultados demonstram que a maioria das cepas de R. sanguineus de Goiânia apresentaram resistência à cipermetrina, à deltametrina e ao coumafós. Não se verificou resistência ao amitraz na população de R. sanguineus estudada. _______________________________________________________________________________________________________________________ ABSTRACT _______________________________________________________________________________________________________________________ R. sanguineus engorged females were obtained from different parts of Goiânia-GO, Brazil, and were incubated to produce larvae. Larvae from 7 to 21 days old were immersed in different concentrations (in ppm) of the following acaricides: amitraz (250, 125, 62.5 e 31.2), coumaphos (500, 250, 125 e 62.5), cypermethrin (150, 75, 37.5 e 18.7), deltamethrin (25, 12.5, 6.2 e 3.1) and fipronil (312, 156, 78 e 39 19.5). LD50 and LD99 were calculated using a probit analysis. Samples with LD99 above the concentration recommended by the manufacturer or by the literature were considered as resistant. Out of 15 samples tested against amitraz none have DL99 above the recommended concentration. To deltamethrin, cypermethrin and coumaphos nine (75%), seven (78%) and seven (78%) had LD99 above the recommended, respectively. The LD50 varied from 4 to 16 ppm, 0,3 to 3,2 ppm, 3 to 20 ppm and 17 to 75 ppm against amitraz, deltamethrin, cypermethrin and coumaphos, respectively. A 100% of mortality of the larvae tested in every concentration of fipronil was observed. These results show that samples of R. sanguineus from Goiânia are resistant to cypermethrin, deltamethrin and coumaphos. No resistance against the amitraz has been noticed in the studied population.
Citação: BORGES, Lígia Miranda Ferreira; SOARES, Sara Fernandes; FONSECA, Iracele Nogueira; CHAVES, Vanessa Vieira; LOULY,Carla Cristina Braz. Resistência acaricida em larvas de Rhipicephalus sanguineus (Acari: Ixodidae) de Goiânia-GO, Brasil. Revista de Patologia Tropical, v. 36, n.1, 2007. Disponível em: <http://www.revistas.ufg.br/index.php/iptsp/article/view/1820/1737>.
Tipo de acesso: Open Access
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/166
Data de publicação: 22-Fev-2007
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
ACARICIDE.pdf434,74 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons