Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16669
Tipo do documento: Artigo
Título: Estudo sobre o comércio informal de plantas medicinais em Goiânia e cidades vizinhas
Título(s) alternativo(s): Study about informal trade of medicinal plants in Goiânia and neighboring cities, Brazil
Autor: Tresvenzol, Leonice Manrique Faustino
Paula, José Realino de
Ricardo, A. F.
Ferreira, Heleno Dias
Zatta, Daniel Teles
Resumo: A prática do uso de plantas medicinais já faz parte da história da humanidade e o conhecimento sobre a arte de transformar plantas em medicamentos, tem sido transmitido ao longo de gerações. Porém, esse conhecimento popular sobre o poder terapêutico das plantas em medicamentos, tem se restringido a um número cada vez menor de pessoas. Considerando esse contexto, o raizeiro, profissional que manipula e comercializa plantas medicinais, principalmente em cidades com forte tradição na agricultura e pecuária, assume papel importante na preservação e divulgação desse conhecimento. O objetivo desse estudo foi avaliar o trabalho dos raizeiros de Goiânia e cidades vizinhas. A metodologia consistiu na realização de entrevistas com 14 raizeiros, selecionados de acordo com a idade (mais idosos) e os com mais tempo dedicado ao trabalho com plantas medicinais. As entrevistas se desenvolveram informalmente durante o trabalho do profissional e foram gravadas em fitas cassete, sendo os dados posteriormente transcritos. As entrevistas permitiram identificar como os raizeiros adquiriram o conhecimento sobre o uso de plantas medicinais, qual o efeito terapêutico que é atribuído a cada uma delas, bem como a forma de preparação e utilização, o desconhecimento quanto a interações e efeitos colaterais e como as espécies vegetais são obtidas para o comércio. No estudo foram citadas 235 plantas pelos nomes populares, sendo que das 28 mais citadas, 18 tiveram a mesma indicação terapêutica básica de todos os que a comercializavam. As 28 plantas mais citadas foram analisadas por um botânico e 24 tiveram as espécies identificadas, 03 identificadas apenas quanto ao gênero e 01 não foi identificado nem o gênero. Embora com ressalvas, a importância dos raizeiros para a população, especialmente a de baixa renda, deve ser reconhecida. Todavia, alguns fatores podem representar riscos para os consumidores dessas preparações populares: conhecimento insuficiente sobre as plantas comercializadas, risco de falsificações, falta de controle de qualidade do material vegetal e o uso de misturas de plantas sem considerar as suas interações.
Abstract: The practice of the use of medicinal plants already makes part of the history of humanity and the knowledge about the art of transforming plants in medicines, it has been transmitted along generations. However, that popular knowledge about the therapeutic power of the plants in medicines, has if restricted to a number every time smaller of people. Considering that context, the herb saller, professional who manipulates and comercializes medicinal plants, mainly in cities with strong tradition in the agriculture and livestock, it assumes important paper in the preservation and popularization of that knowledge. The objective of that study was to evaluate the work of the herb sallers of Goiânia and neighboring cities. The methodology consisted of the accomplishment of interviews with 14 herb sellers, selected in agreement with the age (more aged) and the with more dedicated time to the work with medicinal plants. The interviews if had developed informally during the work of the professional and had been recorded in ribbons cassette, being the transcribed data later. The interviews had allowed to identify as the herb sallers had acquired the knowledge on the use of medicinal plants, which the therapeutic effect that it is attributed to each one of them, as well as the preparation form and use, the ignorance as to interactions and side effects and as the vegetable species they are obtained for the trade. In the study 235 plants were mentioned by the popular names, and of the 28 more mentioned, 18 had the same basic therapeutic indication of all the ones that marketed her. The 28 plants more mentioned were analyzed by a botanist and 24 had the identified species, 03 just identified as for the genus and 01 it was not identified nor the genus. Although with safeguards, the importance of the herb sallers for the population, especially the one of low income, it should be recognized. Though, some factors can represent risks for the consumers of those popular preparations: insufficient knowledge on the marketed plants, risk of falsifications, lack of quality control of the vegetable material and the use of mixtures of plants without considering their interactions.
Palavras-chave: Plantas medicinais
Raizeiros
Etnofarmacologia
Etnobotânica
Medicinal plants
Herb sallers
Fitotherapy
Ethnopharmacology
Ethnobotany
País: Brasil
Instituição: Marize Campos Valadares
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Farmácia - (FF)
Citação: TRESVENZOL, Leonice Manrique Faustino; PAULA, José Realino de; RICARDO, A. F.; FERREIRA, Heleno Dias; ZATTA, Daniel Teles. Estudo sobre o comércio informal de plantas medicinais em Goiânia e cidades vizinhas. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 3, n. 1, p. 22-28, jan./jun. 2006. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/REF/article/view/2070/2013>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/ref.v3i1.2070
Identificador do documento: 10.5216/ref.v3i1.2070
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16669
Data de publicação: Jun-2006
Aparece nas coleções:FF - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Leonice Manrique Faustino Tresvenzol - 2006.pdf57,81 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons