Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16701
Tipo do documento: Artigo
Título: Soroepidemiologia da infecção pelo vírus da hepatite A em “meninos de/na rua” de Goiânia-Goiás
Autor: Queiróz, Divina Aparecida Oliveira
Cardoso, Divina das Dôres de Paula
Martelli, Celina Maria Turchi
Martins, Regina Maria Bringel
Porto, S. O. B.
Azevedo, Marli da Silva Pereira de
Daher, Roberto Ruhman
Resumo: Um estudo soroepidemiológico, para anticorpos contra o vírus da hepatite A (and-VHA total - IgM e IgC), foi realizado no período de 1991-1992, em 397 "meninos de/na rua" em Goiânia. Destes, 313 apresentavam vínculo familiar e desenvolviam, em sua maioria, atividades de trabalho informal, enquanto que 84 não possuíam vínculo familiar e se encontravam na rua ou em Instituições do Governo Estadual. A taxa média de prevalência foi de 90,4%, variando de 80,0% a 92,9%, sem contudo apresentar diferença estatística significante relativa à idade (7-21). Também não se evidenciou qualquer diferença quando este grupo foi estratificado para presença ou ausência de vínculo familiar ou mesmo quando analisado em relação a outras variáveis sócio-demográficas. Estes dados sugerem que a hepatite A é endêmica na população de baixa condição sócio-econômica da região e que nesta faixa etária a maioria dos indivíduos já adquiriu a infecção. Outras investigações em grupos e camadas sociais diferentes são necessárias afim de parametrar estratégias vacinais em países subdesenvolvidos.
Abstract: A cross-sectional study was p erform ed to determine the age-prevalence o f hepatitis A virus CHAV) am ong street youth from Goiania city - Central Brazil, an d to determine i f any risk factors could be identified. The surveys were conducted between 1991/1992. The street youth were 397 individuals aged 7 to 21 years old living in institutions a n d teenagers working at streets. Then, 313 adolescents working at streets an d with fam ily links, an d 84 institutionalized ones without fam ily w ere screen ed f o r antibodies against HAV. Prevalences ranged from 80.0% to 92.2% to total anti-HAV a n d there was not a statistically significant trend ofpositivity with age in this group. Unvariate analysis fo r risk factors associated with HAV infection was perform ed with no statistically significant difference fo r adolescents working at streets a n d living with parents, an d street youth with fa m ily links. Econom ic variables were not statistically associated with seropositivity, probable due to homogenous characteristics o f the group. This study disclosed that street youth have a high rate o f HAV infection. These fin din gs do not suggest differences between subgroups o f populations in acquiring immunity to HVA. The public health im plication a n d the n eed o f screening other subgroups o f population o f the sam e city were suggested in order to discuss vaccine strategy in underdeveloped countries
Palavras-chave: Hepatite A
Soroepidemiologia
Hepatitis A
Street youth
Seroepidemiology
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: QUEIRÓZ, D. A. O.; CARDOSO, D. D. P.; MARTELLI, C. M. T.; MARTINS, R. M. B.; PORTO, S. O. B.; AZEVEDO, M. S. P.; BORGES, A. M. T. ;DAHER, R. R. Soroepidemiologia da infecção pelo vírus da hepatite A em “meninos de/na rua” de Goiânia-Goiás. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Brasília, v. 28, n. 3, p. 199-203, 1995.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0037-86821995000300006
Identificador do documento: 10.1590/S0037-86821995000300006
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16701
Data de publicação: Jul-1995
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo- Divina Aparecida Oliveira Queiroz - 1995.pdf346,64 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons