Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16801
Tipo do documento: Artigo
Título: Estudos epidemiológicos em neuropsiquiatria infantil com ênfase no transtorno de déficit de atenção e hiperatividade
Título(s) alternativo(s): Epidemiologic studies in childhood neuropsychiatry with emphasis on attention deficit disorder with hyperactivity
Autor: Azevêdo, Paulo Verlaine Borges e
Caixeta, Leonardo Ferreira
Mendes, Giuliana Macedo
Resumo: As estimativas de prevalência mundial em neuropsiquiatria infantil são muito heterogêneas. As razões desta discrepância permanecem mal compreendidas. Localização geográfica desempenha um papel limitado nas razões da grande variabilidade nas prevalências mundiais de transtornos em neuropsiquiatria infantil. Em vez disso, esta variabilidade parece ser explicada principalmente pelas características metodológicas dos estudos. Estimativas da prevalência do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e da taxa de persistência dos sintomas em toda a vida são heterogêneas, o que levanta dúvidas sobre a validade do diagnóstico. As melhores estimativas disponíveis sobre a prevalência de TDAH é de cerca de 5,29%, para crianças e adolescentes. As estimativas de prevalência e taxa de TDAH parecem ser muito afetados pelas características metodológicas dos estudos.
Abstract: The worldwide prevalence estimates of neuropsychiatric disorders in childhood are highly heterogeneous. The reasons for this discrepancy remain poorly understood. Geographic location plays a limited role in the reasons for the large variability of neuropsychiatric disorders prevalence in childhood estimates worldwide. Instead, this variability seems to be explained primarily by the methodological characteristics of studies. Prevalence estimates of the attention-deficit hyperactivity disorder (ADHD) and the rate of persistence of symptoms across the lifespan are heterogeneous, raising questions about the validity of the diagnosis. The best available estimates of ADHD prevalence are around 5.29% for children and adolescents. Estimates of ADHD prevalence seem to be highly affected by methodological characteristics of the studies.
Palavras-chave: TDAH
Epidemiologia
Neuropsiquiatria infantil
Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade
ADHD
Epidemiology
Child neuropsychiatry
Attention deficit hiperactivity disorder
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: AZEVÊDO, Paulo Verlaine Borges e; CAIXETA, Leonardo Ferreira; MENDES, Giuliana Macedo. Estudos epidemiológicos em neuropsiquiatria infantil com ênfase no transtorno de déficit de atenção e hiperatividade. Revista Brasileira de Neurologia, Rio de Janeiro, v. 45, n. 4, p. 35-40, 2009.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16801
Data de publicação: 2009
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Paulo Verlaine Borges e Azevêdo - 2009.pdf154,01 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons