Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16845
Tipo do documento: Artigo
Título: Determinação da atividade antibacteriana e toxicidade do ácido acético e vinagres branco e tinto
Título(s) alternativo(s): Determination of antibacterial activity and toxicity of acetic acid and white and red wine vinegars
Autor: Utyama, Iwa Keiko Aida
Andrade, Denise de
Watanabe, Evandro
Pimenta, Fabiana Cristina
Ito, Izabel Yoko
Resumo: O ácido acético e o vinagre têm longa história e aplicabilidade humana, incluindo o tratamento de feridas. O objetivo deste estudo foi avaliar in vitro a atividade antibacteriana e a toxicidade do ácido acético e vinagres branco e tinto. A atividade antibacteriana foi determinada pela Diluição Inibitória Máxima (DIM) do ácido acético e dos vinagres frente às bactérias hospitalares: Pseudomonas aeruginosa (20), Escherichia coli (20) e Staphylococcus aureus (20), e a toxicidade obtida por meio do porcentual de mortalidade da Artemia salina Leach. As DIMs do ácido acético frente às P. aeruginosa, E. coli e S. aureus foram de 1:400. Além disso, os vinagres branco e tinto inibiram todas as E. coli e S. aureus a 1:50 e 1:33, respectivamente. No entanto, os vinagres tinto e branco apresentaram DIMs frente às P. aeruginosa de 1:67 e 1:50, respectivamente. O ácido acético in natura, 1:50, 1:100, 1:200, 1:400 e 1:800 apresentaram toxicidade frente a A. salina Leach. Ambos os vinagres branco e tinto não mostraram toxicidade a 1:400 e 1:800. Em conclusão, é possível considerar que existe uma relação inversamente proporcional das diluições do ácido acético e dos vinagres, com a atividade antibacteriana e a toxicidade. Ainda, esse estudo fornece informações técnicas relevantes que podem servir de alerta acerca dos riscos do uso inadequado (diluição/concentração) desses produtos in vivo, especialmente, em feridas.
Abstract: Acetic acid and vinegar have a long history and human applicability, including the clinical treatment of wounds. The aim of this study was to evaluate in vitro antibacterial activity and toxicity of acetic acid and white and red vinegars. The antibacterial activity was evaluated by Maximum Inhibitory Dilution (MID) of acetic acid and vinegars against hospital bacteria: Pseudomonas aeruginosa (20), Escherichia coli (20), Staphylococcus aureus (20), and the toxicity based on the mortality percentage of Artemia salina Leach. The MIDs of acetic acid against P.aeruginosa, E.coli and S.aureus were at 1:400. Moreover, the white and red vinegars inhibited all E. coli and S. aureus at 1:50 and 1:33, respectively. However, the red and white vinegars showed MIDs against P. aeruginosa at 1:67 and 1:50, respectively. The acetic acid in natura, 1:50, 1:100, 1:200, 1:400 e 1:800 demonstrated toxicity against A. salina Leach. Both white and red vinegars did not show toxicity at 1:400 and 1:800. In conclusion, it is possible to consider that there is an inverted proportional relation of the acetic acid and vinegars dilutions, with the antibacterial activity and the toxicity. Besides, this study provides some relevant technical information that can elucidate about risks of inadequate use (dilution/concentration) these products in vivo, specially, on wounds.
Palavras-chave: Ácido acético
Testes de sensibilidade microbiana
Toxicidade
Cicatrização de feridas
Acetic acid
Microbial sensitivity tests
Toxicity
Wound healing
País: Brasil
Instituição: Marize Campos Valadares
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Farmácia - (FF)
Citação: UTYAMA, Iwa Keiko Aida; ANDRADE, Denise de; WATANABE, Evandro; PIMENTA, Fabiana Cristina; ITO, Izabel Yoko. Determinação da atividade antibacteriana e toxicidade do ácido acético e vinagres branco e tinto. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 4, n. 1, p. 104-112, jan./jun. 2007. Disponível em: <https://revistas.ufg.br/REF/article/view/3054/3090>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/ref.v4i2.3054
Identificador do documento: 10.5216/ref.v4i2.3054
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16845
Data de publicação: Dez-2007
Aparece nas coleções:FF - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo -Iwa Keiko Aida Utyama - 2007.pdf225,41 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons