Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16852
Tipo do documento: Artigo
Título: Produção de amilases pelo fungo macrophomina phaseolina
Título(s) alternativo(s): Amylases production for the fungus Macrophomina phaseolina
Autor: Fernandes, Lílian Patricia
Ulhoa, Cirano José
Asquieri, Eduardo Ramirez
Monteiro, Valdirene Neves
Resumo: Amilases constituem um grupo de enzimas que possuem ação sobre o amido liberando diversos produtos, incluindo dextrinas e progressivamente pequenos polímeros compostos de unidades de glicose (GUPTA, et al., 2003). Apresentam importantes aplicações biotecnológicas principalmente nas indústrias farmacêutica, têxtil, detergente e alimentícia. Enzimas amilolíticas são produzidas por bactérias, leveduras e fungos. As enzimas amilolíticas mais utilizadas são aquelas produzidas por fungos filamentosos e principalmente as dos gêneros Aspergillus e Rhizopus (PANDEY, et al., 1999 e PANDEY, et al.,2005). Macrophomina phaseolina pertence ao reino Fungi, Phylum Ascomomycota, classe Ascomycetes gênero Macrophomina (GALL, et al.,1980). O fungo Macrophomina phaseolina é um fitopatógeno agente causal da podridão cinzenta do caule, é considerado, pelos danos causados, um dos principais patógenos de sementes de feijão (CHIBA, et al., 2000). Por outro lado, o aspecto de produtor de enzimas de interesse biotecnológico é muito pouco conhecido na avaliação de um benefício que este fungo poderia oferecer aos mais diversos setores industriais. Neste trabalho objetivou-se avaliar a produção de amilases pelo fungo Macrophomina phaseolina em fontes de carbono convencionais e não convencionais e, sobretudo avaliar o potencial de M.phaseolina na produção de enzimas de interesse biotecnológico e sua inclusão de mais uma alternativa na utilização de fungos para a produção de moléculas de interesse industrial. Os resultados mostram boas atividades específicas de amilases com atividades dextrinizantes e sacarificantes em fontes de carbono como amido, farinha de arroz e farinha de semente de jaca. Foram ainda analisados os perfis de proteínas totais em gel de poliacrilamida e atividade amilolítica em gel de poliacrilamida em condições não desnaturantes neste último, revelou a presença de isoformas na fonte de carbono farinha de banana. Os resultados obtidos revelaram que M. phaseolina se mostra eficiente na expressão de amilases em fontes de carbono alternativas.
Abstract: Amylases are a group of enzymes which act upon starch liberating several products including dextrines. Progressively, small polymers made of glycose units are also liberated (GUPTA, et al., 2003). They are of important biotechnological application chiefly in the pharmaceutical, textile, detergent and food industries. Amylolitical enzymes are produced by bacteria, yeast and fungi. The most commonly used amylolitical enzymes are the ones produced by filamentous fungi, notably those from the Aspergillus and Rhizopus genera (PANDEY, et al., 1999 and PANDEY, et al., 2005). Macrophomina phaseolina belongs to the Fungi kingdom, Phylum Ascomomycota, class Ascomycetes genus Macrophomina (GALL, et al., 1980). The Macrophomina phaseolina fungus is a fitopatogenic agent that causes the common bacterial blight and is thus considered to be the one of the main pathogens of bean seeds (CHIBA, et al., 2000). On the other hand, the fact that it is a producer of enzymes of biotechnological interest is largely unknown, making it difficult to assess the possible benefits this fungus might bring to several industrial sectors. This paper aims at evaluating the production of amylases by the fungus Macrophomina phaseolina in conventional and non conventional carbon sources and, above all, at assessing the potential of M.phaseolina to produce enzymes of biotechnological interest, thus offering another use of fungi in the production of molecules of interest to the industry. Results show good specific activities of amylases with dextrinizing and saccarifiying activities in carbon sources such as starch, rice flour and jackfruit seed flour. The total protein profiles in polyacrilamide gel were analyzed, as well as amylolitical activity in polyacrilamide gel in nondenaturant conditions; in the latter, isophorms were found in the protein source banana flour. Obtained results show that M. phaseolina is efficient in obtaining expression of amylases from alternative carbon sources.
Palavras-chave: Enzimologia
Fungos filamentosos
Diastases
Enzymolgy
Diastase
Filamentous fungi
País: Brasil
Instituição: Marize Campos Valadares
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Faculdade de Farmácia - (FF)
Citação: FERNANDES, Lílian Patricia; ULHOA, Cirano José; ASQUIERI, Eduardo Ramirez; MONTEIRO, Valdirene Neves. Produção de amilases pelo fungo macrophomina phaseolina. Revista Eletrônica de Farmácia, Goiânia, v. 7, n. 1, p. 86-94, jan./jun. 2007. Disponível em: <https://revistas.ufg.br/REF/article/view/2120/2067>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/ref.v4i1.2120
Identificador do documento: 10.5216/ref.v4i1.2120
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16852
Data de publicação: Jun-2007
Aparece nas coleções:FF - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Lílian Patricia Fernandes - 2007.pdf429,5 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons