Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16935
Tipo do documento: Artigo
Título: Prevalência, intensidade de dor crônica e autopercepção de saúde entre idosos: estudo de base populacional
Autor: Pereira, Lilian Varanda
Vasconcelos, Patrícia Pereira de
Souza, Layz Alves Ferreira
Pereira, Gilberto de Araújo
Nakatani, Adélia Yaeko Kyosen
Bachion, Maria Márcia
Resumo: Objetivo: identificar a prevalência e a intensidade de dor crônica entre idosos da comunidade e analisar associações com a autopercepção do estado de saúde. Método: estudo transversal, com amostra populacional (n=934), conduzido por meio de entrevista domiciliar, na cidade de Goiânia, Brasil. A intensidade da dor crônica (existente há 6 meses ou mais) foi mensurada por meio de escala numérica (0-10) e a autopercepção de saúde por meio de escala verbal (muito boa, boa, regular, ruim, muito ruim). Para análise estatística utilizou-se frequência absoluta e porcentual, IC (95%), teste do qui-quadrado, Odds ratio e análise de regressão. Significância de 5%. Resultados: a prevalência de dor crônica foi de 52,8% [IC (95%):49,4-56,1]; localizada com maior frequência em membros inferiores (34,5%) e região lombar (29,5%); de intensidade forte ou pior possível para 54,6% dos idosos. Ocorrência de dor crônica associou-se (p<0,0001) a pior autopercepção de saúde (OR=4,2:2,5-7,0), número de doenças crônicas (OR=1,8:1,2-2,7), doença articular (OR=3,5:2,4-5,1) e sexo feminino (OR=2,3:1,7-3,0). Menor intensidade de dor crônica associouse a melhor autopercepção de saúde (p<0,0001). Conclusão: a maioria dos idosos da comunidade relata dor crônica, de elevada intensidade, e localizada em regiões relacionadas às atividades de deslocamento, podendo influenciar na morbimortalidade dessa população.
Palavras-chave: Idoso
Medição da dor
Dor crônica
Autoavaliação
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Citação: PEREIRA, Lilian Varanda et al. Prevalência, intensidade de dor crônica e autopercepção de saúde entre idosos: estudo de base populacional. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, v. 22, n. 4, p. 662-669, jul./ago. 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/0104-1169.3591.2465
Identificador do documento: 10.1590/0104-1169.3591.2465
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16935
Data de publicação: Ago-2014
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Lilian Varanda Pereira - 2014.pdf561,5 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons