Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16949
Tipo do documento: Artigo
Título: Avaliação da atividade mutagênica e genotóxica de ginkgo biloba l. pelo teste do micronúcleo em camundongos
Autor: Leite, Kaio Ramos
Andrade, Laryssa Silva
Sena, Juliana Stival
Vilar, Juliana Brandstetter
Lee, Chen Chen
Resumo: Ginkgo biloba L. é uma planta medicinal amplamente utilizada pela população mundial para o tratamento de insuficiência cerebral, doenças vasculares e outras enfermidades. No presente trabalho foi avaliada a atividade clastogênica e/ou aneugênica do extrato das folhas de Ginkgo biloba L. (EGb 761) pelo teste de micronúcleo em eritrócitos policromáticos da medula óssea de camundongos. Grupos de cinco animais foram tratados com extrato EGb 761 por via gavage com doses de 50 mg/kg, 100 mg/kg e 200 mg/kg. Para todas as doses utilizadas, a freqüência de eritrócitos policromáticos micronucleados (EPCMN) foi avaliada no tempo de 24 horas pós-tratamento. A preparação citológica foi realizada de acordo com a metodologia de Heddle. A citotoxidade foi avaliada pela relação de eritrócitos policromáticos e normocromáticos (EPC/ENC). Os resultados mostraram que o EGb 761 não provocou aumento significativo (p>0,05) na freqüência de EPCMN em relação ao grupo controle negativo. Não foi observada citotoxicidade para todas as concentrações utilizadas (P>0,01) em relação ao grupo controle negativo. Dessa maneira, pode-se sugerir que EGb 761 não apresentou atividade mutagênica e/ou citotóxica nas condições experimentais executadas.
Abstract: Ginkgo biloba L. is a medicinal plant widely used worldwide for the treatment of cerebral insufficiency, vascular diseases and various other illnesses. In the present study, the clastogenic and/or aneugenic activities of G. biloba L. leaf extract (EGB 761) were evaluated using mouse bone marrow micronucleus assay in polycromatic erythrocytes. Groups of five animals were treated with EGB 761 by gavage administration in doses of 50 mg/kg, 100 mg/kg, and 200 mg/kg. For all the doses, the micronucleated polycromatic erythrocytes frequency (MNPCE) was evaluated after 24 hours of treatment. The cytological preparation was carried out according to Heddle methodology. The cytotoxicity was evaluated by the relationship between the polycromatic and normocromatic frequency (EPC/ENC). The results indicated that EGb 761 did not provoke a significant increase of MNPCE (P>0.05) compared to the negative control group. Cytotoxicity was not observed in all concentrations utilized (P>0.01) compared to the negative control group. Thus, it can be suggested that EGb 761 did not present mutagenic nor cytotoxic effects under these experimental conditions.
Palavras-chave: Camundongos
Citotoxicidade
Extrato ginkgo biloba
Mutagenicidade
Teste do micronúcleo
Mice
Cytotoxicity
Extract ginkgo biloba
Mutagenicity
Micronucleus test
País: Brasil
Instituição: Vera
Unidade acadêmica: Instituto de Ciências Biológicas - (ICB)
Citação: LEITE, Kaio Ramos; ANDRADE, Laryssa Silva; SENA, Juliana Stival; VILAR, Juliana Brandstetter; LEE, Chen Chen. Avaliação da atividade mutagênica e genotóxica de ginkgo biloba l. pelo teste do micronúcleo em camundongos. Revista de Biologia Neotropical, Goiânia, v. 3, n. 2, p. 157-162, jul.dez. 2006. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/RBN/article/view/2620/2833>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/rbn.v3i2.2621
Identificador do documento: 10.5216/rbn.v3i2.2621
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16949
Data de publicação: Dez-2006
Aparece nas coleções:ICB - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Kaio Ramos leite - 2006.pdf727,22 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons