Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16968
Tipo do documento: Artigo
Título: Delayed-type hypersensitivity skin test responses to PPD and other antigens among BCG-vaccinated HIV-1-infected and healthy children and adolescents
Título(s) alternativo(s): Resposta de testes de hipersensibilidade tardia utilizando PPD e outros antígenos em crianças e adolescentes saudáveis e infectados pelo HIV-1 e vacinados com BCG
Autor: Costa, Natalia Moriya Xavier da
Albuquerque, Maly de
Lins, Janaína Bacelar Acioli
Alvares Júnior, João Teixeira
Stefani, Mariane Martins de Araújo
Resumo: Introdução: A contagem de células CD4+ representa marcador da resposta imune celular em pacientes infectados pelo HIV-1. Testes cutâneos de hipersensibilidade tardia (DTH) podem ser empregados para avaliar in vivo respostas celulares a antígenos comuns. Métodos: DTH para derivado proteico purificado de tuberculina (PPD), esporotriquina, tricofitina, candidina e estreptoquinase/estreptodornase foram realizados. Foram testados crianças/adolescentes infectados pelo HIV-1 (n=36) e indivíduos saudáveis (n=56), soronegativos para HIV-1/HIV-2 pareados por sexo-idade, todos com cicatriz vacinal por BCG. Teste exato de Fisher foi aplicado (p<0,05). Resultados: Entre as crianças/adolescentes infectados pelo HIV-1, mediana de idade=8,1 anos; 20/36 eram do sexo masculino; 35 casos de transmissão vertical; 34 casos de AIDS sob terapia antirretroviral; mediana de carga viral = 3.04lc10 cópias/ml; mediana de contagem de células CD4+ = 701 células/µl. Entre os infectados e saudáveis a reatividade DTH a pelo menos um dos antígenos foi, respectivamente, 25% (9/36) e 87,5% (49/56) (p<0,001). Reatividade à candidina predominou nos infectados (8/36, 22%) e ao PPD nos indivíduos saudáveis (40/56, 71,4%). A reatividade ao PPD entre infectados foi de 8,3% (p<0,01). A mediana da induração ao PPD foi 2,5mm (variação: 2-5mm) entre infectados e 6,0mm (variação: 3-15mm) entre os saudáveis. Não observamos correlação entre positividade ao PPD e idade. No grupo de infectados, não observamos correlação entre contagens de células CD4+ e reatividade ao DTH. Conclusões: Respostas DTH significativamente diminuídas, incluindo a reatividade ao PPD foram observadas em crianças/adolescentes infectados pelo HIV-1 comparadas com controles saudáveis, provavelmente refletindo doença avançada e supressão da imunidade mediada por células T.
Abstract: Introduction: Among HIV-1-infected patients, CD4+ T cell counts are well-established markers of cell-mediated immunity. Delayed-type hypersensitivity (DTH) skin tests can be used to evaluate in vivo cell-mediated immunity to common antigens. Methods: DTH responses to tuberculin purified protein derivative (PPD), sporotrichin, trichophytin, candidin and streptokinase/streptodornase antigens were assessed. Thirty-six HIV-1-infected children/adolescents and 56 age- and sex-matched HIV-1/HIV-2-seronegative participants were tested. All participants had a BCG scar. Fisher’s exact test was used to evaluate significant differences between groups (p<0.05). Results: The main characteristics of the HIV-1 patients were as follows: median age 8.1 years; 20/36 were males; 35 were vertical transmission cases; 34 were AIDS cases under antiretroviral therapy; median viral load = 3.04 log10 copies/ml; median CD4+ T cell count = 701 cells/µl. A total of 25% (9/36) and 87.5% (49/56) of HIV-1-infected and healthy participants, respectively, displayed DTH reactivity to at least one antigen (p<0.001). Among HIV-1-infected participants, reactivity to candidin predominated (8/36, 22.2%), while PPD positivity prevailed among healthy participants (40/56, 71.4%). PPD reactivity in the HIV-1-positive group was 8.3% (p<0.01). The median PPD induration was 2.5mm (range: 2-5mm) in the HIV-1 group and 6.0 mm among healthy participants (range: 3-15mm). There was no correlation between PPD positivity and age. No correlation between CD4+ T cell counts and DTH reactivity was observed among HIV-1-infected patients. Conclusions: DTH skin test responses, including PPD reactivity, were significantly lower among HIV-1-infected participants compared to healthy controls, which likely reflects advanced disease and T cell depletion.
Palavras-chave: Purified protein derivative
Delayed-type hypersensitivity
Children
HIV infection
Tuberculin test
Derivado proteico de tuberculina
Testes de hipersensibilidade tardia
Crianças
Infecção pelo HIV
Teste de tuberculina
País: Brasil
Unidade acadêmica: Instituto de Patologia Tropical e Saúde Pública - IPTSP (RG)
Citação: COSTA, Natalia Moriya Xavier da; ALBUQUERQUE, Maly de; LINS, Janaína Bacelar Acioli; ALVARES-JUNIOR, João Teixeira; STEFANI, Mariane Martins de Araújo. Delayed-type hypersensitivity skin test responses to PPD and other antigens among BCG-vaccinated HIV-1-infected and healthy children and adolescents. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, Uberaba, v. 44, n. 5, p. 542-545, 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0037-86822011005000054
Identificador do documento: 10.1590/S0037-86822011005000054
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16968
Data de publicação: Set-2011
Aparece nas coleções:IPTSP - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Natalia Moriya Xavier da Costa - 2011.pdf616 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons