Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16987
Tipo do documento: Artigo
Título: Análise de trajetórias socioespaciais no processo de recriação camponesa por meio de assentamentos de reforma agrária
Título(s) alternativo(s): Analysis of socio-spatial trajectories in the process of recreation of peasant through agrarian reform settlements
Autor: Ribeiro, Dinalva Donizete
Guimarães, Juliana Carneiro
Resumo: Os assentamentos de reforma agrária expressam a materialidade da dinâmica da recriação camponesa, sendo as trajetórias socioespaciais um elemento importante para se compreender tal processo. Aqui se tem o objetivo de analisar as trajetórias socioespaciais dos camponeses do assentamento Rio Claro, situado no município de Jataí (Goiás), evidenciando os diversos fatores que favorecem e/ou bloqueiam o processo de recriação destes. Para tanto, investigou-se as diferentes fases de suas vidas, tanto no período anterior à luta pela terra, quanto posterior, evidenciando o caminho percorrido e como se deu o processo que orientou a constituição do assentamento. Metodologicamente, utilizou-se de pesquisa bibliográfica, documental e de campo, com coleta de dados por meio de questionário e entrevista semi-estruturada. Os dados aqui apresentados são fruto de uma pesquisa desenvolvida no Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Federal de Goiás, Campus Jataí.
Abstract: The agrarian reform settlements express the materiality of the dynamics of peasant recreation, and the socio-spatial trajectories are an important element to understand this process. Our objective is to analyze the socio-spatial trajectories of the peasants from settlement Rio Claro around Jataí (Goiás) observing the various factors that favor and / or block the process of recreating them. To this end, we investigated the different stages of their lives, both in the period prior to the struggle for land, and later, showing the progress made and how was the process that guided the establishment of the settlement. Methodologically, we used bibliographical research, documental and experimental data through questionnaires and semi-structured interview. The data presented here are the result of research developed in the Master's Program in Geography from Universidade Federal de Goiás, Campus Jataí.
Palavras-chave: Campesinato
Expropriação
(E)Migração
Assentamentos
Peasantry
Expropriation
(E)Migration
Settlement
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e de Engenharia de Alimentos - EA (RG)
Citação: RIBEIRO, Dinalva Donizete; GUIMARAES, Juliana Carneiro. Análise de trajetórias socioespaciais no processo de recriação camponesa por meio de assentamentos de reforma agrária. Campo – Território: revista de geografia agrária, Uberlândia, v. 7, n. 14, p. 1-25, ago. 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16987
Data de publicação: Ago-2012
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Dinalva Donizete Ribeiro - 2012.pdf386,35 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons