Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16991
Tipo do documento: Artigo
Título: Trajetórias socioespaciais de camponeses (e)migrantes e a luta pela terra
Título(s) alternativo(s): Socio-spatial trajectories of emigrating peasants and the struggle for land
Autor: Ribeiro, Dinalva Donizete
Guimarães, Juliana Carneiro
Resumo: O artigo apresenta dados, análises e discussões sobre as trajetórias socioespaciais dos camponeses do Projeto de Assentamento Rio Claro (PARC), localizado no município de Jataí, na Microrregião Sudoeste de Goiás. A discussão foi organizada a partir de duas fases da trajetória dos camponeses pesquisados. Na primeira evidencia-se aspectos das suas vidas e da relação com a terra desde a mais tenra idade, bem como os motivos que os levaram a deixar seus núcleos familiares, os caminhos de suas migrações e como chegaram ao município de Jataí. A segunda fase da análise perpassa suas trajetórias ao chegarem a este município sob a condição de sem-terra e, por fi m, discute-se como emergiu e transcorreu a luta pela terra da qual os sujeitos pesquisados fi zeram parte. Agregam-se a esta análise dados sobre a questão agrária e a luta pela terra na microrregião sudoeste de Goiás.
Abstract: The article presents data, analysis and discussions on the socio-spatial trajectories of the peasants of Rio Claro Settlement Project (PARC), in the city of Jataí in Southwestern Goiás Microregion. The discussion was organized from two phases of the trajectory of the surveyed farmers. The fi rst is evident in aspects of their lives and relationship with the land from an early age, and the reasons that led them to leave their households, their migration paths and how they came to the city of Jataí. The second stage of the analysis cuts across their path to reach this city on the condition of the landless and, fi nally, discusses how the struggle has emerged and went by land from which the subjects surveyed were part of. Add to this data analysis on the agrarian question and the struggle for land in the southwest of Goiás microregion.
El artículo presenta datos, análisis y discusiones sobre las trayectorias socio-espaciales de los campesinos del Proyecto del Asentamiento Rio Claro (PARC), localizado en el Municipio de Jataí, en la Microregión Sur-oeste de Goiás. La discusión fue organizada a partir de dos fases de la trayectoria de los campesinos investigados. En la primera se evidencia aspectos de sus vidas y de la relación con la tierra desde la más tierna edad, así como los motivos que los llevaron a dejar sus núcleos familiares, los caminos de migración y como llegaron al Municipio de Jataí. La segunda fase de análisis perpassa sus trayectorias al llegar a este municipio sobre la condición de sin-tierra y, por fi n, se discute como emergió y transcurrió la lucha por la tierra pen la cual los sujetos investigados hicieron parte. Se agregan a este análisis, datos sobre la cuestión agraria y la lucha por la tierra en la micro-región sur-oeste de Goiás.
Palavras-chave: Questão agrária
Luta pela terra
Reforma agrária
Campesinato
Agrarian question
Struggle for land
Agrarian reform
Peasants
Cuestión agraria
Lucha por la tierra
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e de Engenharia de Alimentos - EA (RG)
Citação: RIBEIRO, Dinalva Donizete; GUIMARAES, Juliana Carneiro. Trajetórias socioespaciais de camponeses (e)migrantes e a luta pela terra. Revista da ANPEGE, São Gonçalo, v. 7, n. 8, p. 53-67, ago./dez. 2011.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5418/RA2011.0708. : 10.5418/RA2011.0708. 0004
Identificador do documento: 10.5418/RA2011.0708. : 10.5418/RA2011.0708. 0004
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/16991
Data de publicação: Dez-2011
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Dinalva Donizete Ribeiro - 2011.pdf371,48 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons