Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17002
Tipo do documento: Artigo
Título: Prevalence and factors associated with Metabolic syndrome in elderly users of the Unified Health System
Título(s) alternativo(s): Prevalência e fatores associados à síndrome Metabólica em idosos usuários do Sistema Único de Saúde
Autor: Oliveira, Edna Cunha Vieira de
Peixoto, Maria do Rosario Gondim
Silveira, Erika Aparecida da
Resumo: Objetivo: Avaliar a prevalência e os fatores associados à síndrome metabólica em idosos. Métodos: Estudo transversal que incluiu 133 idosos, selecionados aleatoriamente entre os usuários da atenção básica do Sistema Único de Saúde em Goiânia, Goiás. Foram pesquisadas variáveis antropométricas (índice de massa corporal, circunferência da cintura e percentual de gordura por meio da Dual x-ray absorptiometry), sociodemográficas (sexo, idade, cor, renda, estado civil e anos de estudo), de estilo de vida (prática de atividade física, tabagismo e consumo alcoólico de risco) e consumo alimentar (alimentos protetores e de risco). A síndrome metabólica foi avaliada segundo o critério harmonizado proposto pela OMS. As associações foram testadas por meio da regressão de Poisson, para o controle dos fatores de confusão. Resultados: A prevalência da síndrome metabólica encontrada foi de 58,65% (IC95% 49,8 – 67,1), sendo 60,5 % (IC95% 49,01 – 71,18) para as mulheres e 55,7% (IC95% 41,33 – 69,53) para homens. A hipertensão arterial foi o componente da síndrome mais prevalente tanto para homens, 80,8 % (IC95% 64,5 – 90,4), quanto para mulheres, 85,2 % (IC95% 75,5 – 92,1). Após análise multivariada, apenas o excesso de peso corporal medido pelo Índice de Massa Corporal (razão de prevalência = 1,66; p < 0,01), permaneceu associado à síndrome metabólica. Conclusões: A prevalência de síndrome metabólica nesta amostra foi alta, evidenciando a necessidade de atuação sistemática dos profissionais de saúde no controle dos fatores de risco, por meio de estratégias de prevenção e atenção integral ao idoso.
Abstract: Objective: To evaluate the prevalence and factors associated with metabolic syndrome in the elderly. Methods: Cross-sectional study, with 133 individuals randomly selected in the Unified Health System in Goiania, Goiás. The following variables were researched: anthropometric (BMI, waist circumference, fat percentage by Dual X-ray absorptiometry), sociodemographic (gender, age, color, income, marital status and years of schooling), lifestyle (physical activity, smoking and risk alcohol consumption) and food intake (risk and protective foods). The metabolic syndrome was assessed according to harmonized criteria proposed by the World Health Organization (WHO). The combinations were tested by Poisson regression for confounding factors. Results: The prevalence of metabolic syndrome was 58.65% (95%CI 49.8 – 67.1), with 60.5% (95%CI 49.01 – 71.18) for females and 55.7% (95%CI 41.33 – 69.53) for males. Hypertension was the most prevalent component of the syndrome in both men, with 80.8% (95%CI 64.5 – 90.4), and women, with 85.2% (95%CI 75.5 – 92.1). After the multivariate analysis, only the excess of weight measured by body mass index (prevalence ratio = 1.66; p < 0.01) remained associated with the metabolic syndrome. Conclusions: The prevalence of metabolic syndrome in this sample was high, indicating the need for systematic actions by health workers in the control of risk factors through prevention strategies and comprehensive care to the elderly.
Palavras-chave: Metabolic syndrome
Risk factors
Elderly
Epidemiology
Nutrition
National Health System
Síndrome Metabólica
Fatores de risco
Idoso
Epidemiologia
Nutrição
Sistema Único de Saúde
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: VIEIRA, Edna Cunha; PEIXOTO, Maria do Rosário Gondim; SILVEIRA, Erika Aparecida da. Prevalence and factors associated with Metabolic syndrome in elderly users of the Unified Health System. Revista Brasileira de Epidemiologia, São Paulo, v. 17, n. 4, p. 805-817, Oct./Dec. 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/1809-4503201400040001.
Identificador do documento: 10.1590/1809-4503201400040001.
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17002
Data de publicação: Dez-2014
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Edna Cunha Vieira de Oliveira - 2014.pdf284,29 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons