Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17023
Tipo do documento: Artigo
Título: Prevalência de fatores de risco cardiovascular em idosos usuários do Sistema Único de Saúde de Goiânia
Título(s) alternativo(s): Prevalence of Cardiovascular risk factors in elderly individuals treated in the Brazilian Public Health System in Goiânia
Autor: Ferreira, Carla Cristina da Conceição
Peixoto, Maria do Rosário Gondim
Barbosa, Maria Alves
Silveira, Erika Aparecida da
Resumo: Fundamento: Os fatores de risco cardiovascular (FRCV) apresentam alta prevalência e causam impacto na morbimortalidade de idosos, porém, essa questão ainda se mostra desconhecida entre idosos usuários do Sistema Único de Saúde. Objetivo: Investigar a prevalência de FRCV em idosos usuários da atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS) em Goiânia - Goiás. Métodos: Estudo transversal com amostragem em múltiplos estágios, realizado por meio de inquérito domiciliar com 418 idosos acima de 60 anos, usuários do SUS da atenção básica de Goiânia. Foram coletados dados socioeconômicos, demográficos, estilo de vida, peso, altura, circunferência da cintura, pressão arterial e uso de medicamentos. Os FRCV investigados foram: hipertensão arterial, diabete melito, obesidade total, obesidade central, dislipidemias, tabagismo, sedentarismo e consumo de bebida alcoólica. Utilizou-se o teste do Qui-quadrado para análises das associações, com significância de 5%. Resultados: As prevalências dos FRCV foram: 80,4% de hipertensão arterial; 83,3% de obesidade central; 59,8% de sedentarismo; 32,2% de obesidade total; 23,4% de dislipidemias; 19,1% de diabete melito; 10,0% de tabagismo e 5,9% de consumo de bebida alcoólica. Quanto à simultaneidade, 2,4% dos idosos não apresentaram FRCV. A simultaneidade de dois ou mais FRCV ocorreu em 87,3% dos idosos e mostra-se com maior frequência entre as mulheres. Conclusão: Os FRCV ocorrem de maneira simultânea em mais da metade dos idosos, e os mais prevalentes foram: hipertensão arterial, obesidade central e sedentarismo. É preciso intensificar as estratégias de promoção da saúde e prevenção de agravos cardiovasculares em idosos usuários da atenção básica do SUS de Goiânia, principalmente entre aqueles com simultaneidade de FRCV. (Arq Bras Cardiol 2010; 95(5): 621-628)
Abstract: Background: Cardiovascular risk factors (CVRF) present a high prevalence and have an impact on the morbimortality of the elderly; however, this question is still unknown by the elderly treated in the Brazilian Public Health System (SUS). Objective: To investigate the prevalence of CVRF among the elderly treated by SUS in the city of Goiânia, state of Goiás, Brazil. Methods: Cross-sectional study using a multiple-stage sampling method, carried out through a home-based interview with 418 elderly individuals aged > 60 years treated by SUS in the city of Goiânia, state of Goiás, Brazil. Socioeconomic and demographic data, as well as data on lifestyle, weight, height, waist circumference, blood pressure and medications used were collected. The studied CVRF were: arterial hypertension, diabetes mellitus, total obesity, central obesity, dyslipidemias, smoking, sedentary lifestyle and alcohol consumption. The Chi- square test was used for the analyses of the associations, with significance being set at 5%. Results: The prevalences of the CVRF were: 80.4% of arterial hypertension; 83.3% of central obesity; 59.8% of sedentary lifestyle; 32.2% of total obesity; 23.4% of dyslipidemias; 19.1% of diabetes mellitus; 10.0% of smoking and 5.9% of alcohol consumption. As for the simultaneity, 2.4% of the elderly did not present CVRF. The simultaneity of two or more CVRF occurred in 87.3% of the elderly and was more frequent among women. Conclusion: The CVRF occur simultaneously in more than half of the elderly individuals, and the most prevalent ones were: arterial hypertension, central obesity and sedentary lifestyle. It is necessary to foster the strategies of health promotion and prevention of cardiovascular injury in elderly individuals treated by SUS in the city of Goiânia, especially among those with simultaneous CVRF.
Palavras-chave: Doenças cardiovasculares
Fatores de risco
Goiânia
Atenção básica à saúde
Idoso
Risk factors
Cardiovascular diseases
Brazil
Goiânia
Aged
Primary health care
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: FERREIRA, Carla Cristina da Conceição; PEIXOTO, Maria do Rosário Gondim; BARBOSA, Maria Alves; SILVEIRA, Érika Aparecida. Prevalência de fatores de risco cardiovascular em idosos usuários do Sistema Único de Saúde de Goiânia. Arquivos Brasileiros de Cardiologia, Rio de Janeiro, v. 95, n. 5, p. 621-628, 2010.  
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S0066782X2010005000141 
Identificador do documento: 10.1590/S0066782X2010005000141 
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17023
Data de publicação: 2010
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Carla Cristina da Conceição Ferreira - 2010.pdf889,46 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons