Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17091
Tipo do documento: Artigo
Título: Higiene oral e pneumonia em crianças em unidade de terapia intensiva: revisão sistemática
Autor: Nogueira, Elaine Batista
Cortines, Andréa Araujo de Oliveira
Castro, Anelise Daher Vaz
Costa, Luciane Ribeiro de Rezende Sucasas da
Resumo: Objetivo: Pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) podem apresentar pneumonia associada à ventilação mecânica (PAV), grave infecção relacionada à colonização bacteriana na orofaringe. O objetivo deste estudo foi identificar evidências sobre o efeito da higiene oral na prevenção da PAV em crianças internadas em UTI neonatal ou pediátrica. Materiais e métodos: Revisão sistemática de estudos indexados nas bases Embase, Medline e Lilacs, conduzidos em crianças sob ventilação mecânica. A intervenção de interesse foi higie- ne oral e, o desfecho, PAV. Utilizou-se as escalas de Jadad e Newcastle-Ottawa para classifi- cação qualitativa dos artigos. Resultados: Dentre 113 artigos localizados, selecionou-se 5. Três estudos coorte avaliaram a higiene oral como parte de um pacote de cuidados e encontraram redução significativa na incidência de PAV. Dois ensaios clínicos investigaram a escovação dentária realizada com gel de gluconato de clorexidina 0,12% comparada a placebo, e não evidenciaram redução significativa na ocorrência de PAV. Conclusão: A higiene oral integrada a um protocolo de ações de prevenção de infecção hospitalar associa-se à redução da PAV em crianças internadas em UTI; não há evidências para a eficácia da limpeza oral com clorexidina em crianças internadas em UTI.
Abstract: Objective: Patients in Intensive Care Units (ICU) may present ventilator-associated pneu- monia (VAP), which is a severe infection related to bacterial colonization in the oropharynx. The objective of this study was to identify scientific evidences on the effect of oral hygiene in the prevention of VAP in children admitted to neonatal or pediatric ICU. Methods: Systematic review of studies indexed in Embase, Medline and Lilacs, conducted in children on mechanical ventilation. The intervention of interest was oral hygiene and the outcome, VAP. We used the Jadad and the Newcastle-Ottawa scales for the qualitative classification of the studies. Results: Five out of 113 papers were selected. Three cohort studies evaluated oral hygiene as part of a comprehensive care bundle and found a significant reduction in the incidence of VAP. Two clinical trials investigated toothbrushing performed with 0.12% chlorhexidine gluconate gel compared to placebo, and showed no significant reduction in the occurrence of VAP. Conclu- sion: Oral hygiene integrated into a hospital infection prevention protocol associated with the reduction of VAP in children admitted to ICU; there is no evidence for the effectiveness of oral hygiene with chlorhexidine in children admitted to ICU.
Palavras-chave: Pneumonia associada à ventilação mecânica
Unidades de trapia intensiva pediátrica
Higiene bucal
Criança hospitalizada
Unidades de terapia intensiva neonatal
Oral hygiene
Pneumonia, ventilator-associated
Pediatric
Child, hospitalized
Intensive care units, neonatal
Intensive care unit
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Odontologia - FO (RG)
Citação: NOGUEIRA, Elaine Batista et al. Higiene oral e pneumonia em crianças em unidade de terapia intensiva: revisão sistemática. Revista da Associação Paulista de Cirurgiões-Dentistas, São Paulo, v. 69, n. 1, p. 14-19, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17091
Data de publicação: 2015
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Elaine Batista Nogueira - 2015.pdf253,47 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons