Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17172
Tipo do documento: Artigo
Título: Modelagem dinâmica da paisagem aplicada na análise de uso do solo na bacia hidrográfica do Rio Vermelho, Goiás, Brasil
Título(s) alternativo(s): Landscape dynamic modeling applied to the land use analysis in the Rio Vermelho watershed, Goiás State, Brazil
Autor: Vieira, Pedro Alves
Ferreira, Manuel Eduardo
Ferreira Júnior, Laerte Guimarães
Resumo: A análise de bacias hidrográfi cas, no que tange ao acompanhamento temporal da cobertura e uso da terra, é de fundamental importância para a manutenção de recursos naturais e da biodiversidade em ecossistemas em geral. No bioma Cerrado, tal fato ganha especial atenção, dado o nível das transformações ocorridas neste ambiente desde a década de 1970, principalmente por atividades agropecuárias, ultrapassando, em muito, o seu limite de resiliência. É neste frágil contexto das bacias, e não dos limites políticos, que o efetivo ordenamento territorial da paisagem deveria ocorrer. Desta forma, e por meio de técnicas de modelagem espacial dinâmica, buscou-se neste artigo avaliar as interrelações entre variáveis estáticas e dinâmicas atuantes na Bacia Hidrográfi ca do Rio Vermelho (BHRV), Estado de Goiás, tais como a fertilidade dos solos, proximidade de áreas convertidas, malha viária e declividade, ressaltando o peso destas no processo de ocupação, em dois momentos históricos: 1976 e 1987. A análise destes dois momentos revela que a fertilidade e a proximidade de áreas já antropizadas, além de um crescente sistema viário (0,41 km/km² e 0,92 km/km², em 1976 e 1987, respectivamente), foram os fatores determinantes de ocupação. Neste estudo também identifi cou-se o potencial da BHRV para ampliar a capacidade de suporte bovino (pecuária) em áreas com uso integrado entre remanescentes e pecuária (sistemas agrofl orestais), comparativamente às lotações de 0,7 a 0,9 cabeças/hectare/ano que predominam nas áreas com pastagem convencional. Até o momento, 65% da área total da BHRV (de 11 mil km2) já foram convertidos, sendo que o passivo ambiental em torno de rios, lagos e nascentes já ultrapassa os 40%. Neste sentido, um maior entendimento sobre os processos e dinâmica de ocupação desta bacia, bastante representativa de muitas outras áreas na região core do Cerrado, associado à práticas de manejo mais efi cientes e sustentáveis, pode representar uma contribuição bastante signifi cativa à preservação deste bioma, já bastante impactado e ainda severamente ameaçado.
Abstract: The analysis of watersheds, regarding the temporal monitoring of land use and conservation, is instrumental for the maintenance of natural resources and biodiversity. In the Cerrado biome, this is particularly important, given the level of changes occurring in this environment since the 1970`s, mainly due to agricultural activities, already exceeding its resilience limit. It is in this context of fragility of the watersheds, which extends beyond political boundaries, and that the effective spatial planning and governance of landscapes should occur. This study, based on the use of spatial modeling and GIS techniques, aimed at evaluating the interrelationships between static and dynamic variables in the Rio Vermelho Basin (BHRV), State of Goiás, such as soil fertility, proximity to converted areas, road network, and terrain slope, emphasizing their respective weights on the occupation process of this basin, along two historical periods, 1976 and 1987. The analysis of these two key moments indicated that soil fertility and proximity to areas already under agricultural use, coupled with a growing road system (0.41 km/km2 and 0.92 km/km² in 1976 and 1987, respectively), were the determinant factors explaining the massive occupation and conversion observed for the period under consideration. In this study we also confi rmed the potential of the BHRV to expand its cattle support capacity for those areas already integrating grazing on planted pastures and Cerrado remnants (i.e. livestock - forestry integration), comparatively to the 0.7 to 0.9 head/hectare/year observed in conventional/extensive pasturelands. Up to now, approximately 65% of the BHRV (with a total area of about 11,000 km2) has been subject to anthropic induced changes, with an impact on rivers, lakes, and water-heads and springs above 40%. Therefore, an improved understanding on the dynamics and occupation processes in the Rio Vermelho basin, representative of many other areas in the core Cerrado region, in combination with more sustainable management practices, can be a major contribution to the preservation of this severely and still threatened biome.
Palavras-chave: Uso do solo
Modelagem dinâmica
Bioma cerrado
Bacia hidrográfica
Intensificação da pecuária
País: Brasil
Unidade acadêmica: Escola de Agronomia e de Engenharia de Alimentos - EA (RG)
Citação: VIEIRA, Pedro Alves; FERREIRA, Manuel Eduardo; FERREIRA, Laerte Guimarães. Modelagem dinâmica da paisagem aplicada na análise de uso do solo na bacia hidrográfica do Rio Vermelho, Goiás, Brasil. Revista Brasileira de Cartografia, Rio de Janeiro, v. 67, n. 6, p. 1217-1230, set./out. 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17172
Data de publicação: Out-2015
Aparece nas coleções:EA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Pedro Alves Vieira - 2015.pdf1,05 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons