Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17251
Tipo do documento: Artigo
Título: Análise de estratégia para aplicação de Sistema Eletrônico na Referência e Contrarreferência nos serviços de saúde
Título(s) alternativo(s): Analysis strategy for implementation of the Eectronic System in the Reference and Counter - reference in health services
Autor: Morato, Márcia Gasparini Canuto
Silva Júnior, José Laerte Rodrigues da
Carneiro, Diana Alves
Sacchetim, Sylvana Castro
Taleb, Alexandre Chater
Rabahi, Marcelo Fouad
Resumo: Objetivo: analisar estratégias para implantação do Sistema de Referência e Contrarreferência por meio eletrônico nos serviços de saúde. Métodos: dentre as estratégias estava uma maior integração entre a Atenção Primária à Saúde e os outros níveis de atenção por meio de uma melhor comunicação entre os médicos. No estudo foram envolvidas três Unidades de Saúde da Família. Uma delas funcionou como a rotina do serviço, e nas outras duas foram realizadas intervenções: estímulo e orientações aos profissionais e aos pacientes. Em uma, foi disponibilizado o sistema de referência e contrarreferência informatizado. Avaliou-se o número de referências dos pacientes aos médicos especialistas e de contrarreferências às Unidades de Saúde da Família de origem do encaminhamento. Resultados: no período do estudo a taxa de encaminhamentos foi de 8,56%. O tempo para consulta especializada variou de 1 a 90 dias, após a emissão do encaminhamento de referência, e o tempo do retorno do paciente à Unidade de Saúde de origem foi de 6 a 110 dias. O estudo demonstrou ainda que foram solicitadas e agendadas mais consultas nas Unidades de Saúde da Família Intervenção. Conclusões: o estudo confirmou falhas existentes no sistema, como: dificuldades de acesso da população aos especialistas e baixo número de retorno de pacientes referenciados às Unidades de Saúde de origem. Foi verificado, também, que orientações e estímulo aos profissionais e aos pacientes influenciam positivamente no retorno destes e de contrarreferências, e que é factível implantar o sistema de referência e contrarreferência por meio eletrônico nas Unidades de Saúde.
Abstract: Objective: analyzing strategies for the implementation of reference and counter reference system electronically in health services. Methods: among the strategies was greater integration between Primary Health Care and other levels of care through better communication among doctors. In the study involved three Family Health Units. One of them worked as a routine service, and the other two interventions were performed: encouragement and guidance to professionals and patients. In one, it was made available the system of reference and counter reference computerized. We evaluated the number of referrals of patients to medical specialists and counter reference the Family Health Units referral source. Results: during the study period the rate of referrals was 8.56%. The time for expert consultation ranged from 1 to 90 days after the issuance of the reference forwarding, and the patient return time to the Health Unit of origin was 6-110 days. The study also showed that were requested and scheduled further consultations in the Family Health Units of the Intervention. Conclusions: the study confirmed flaws in the system, such as people's access difficulties to specialists and low number of return patients referred to Health Units of origin. It was also verified that guidance and encouragement to professionals and patients positively influence the return of these and counter-reference, and that it is feasible to implement the system of reference and counter reference electronically in the Health Units.
Palavras-chave: Atenção primária à saúde
Tecnologia em saúde
Referência e contrarreferência
Primary health care
Reference and counter reference
Technology in health
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Medicina - FM (RG)
Citação: MORATO, Márcia Gasparini Canuto et al. Análise de estratégia para aplicação de Sistema Eletrônico na Referência e Contrarreferência nos serviços de saúde. RESU: revista educação em saúde, Anápolis, v. 3, n. 1, p. 32-50, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17251
Data de publicação: 2015
Aparece nas coleções:FM - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Márcia Gasparini Canuto Morato - 2015.pdf332,68 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons