Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17364
Tipo do documento: Artigo
Título: Rotina computacional para a previsão da capacidade de carga em estacas
Título(s) alternativo(s): Computational routine to provision of the capacity of load in piles
Autor: Ferreira, Tobias Ribeiro
Delalibera, Rodrigo Gustavo
Silva, Wellington Andrade da
Resumo: As fundações têm o objetivo de suportar e transmitir ao solo os esforços oriundos da superestrutura e para que isso ocorra, seu dimensionamento deve ser feito de modo que a capacidade de carga do solo não seja atingida. A determinação da capacidade de carga dos solos é um dos desafios da engenharia civil, visto que o solo apresenta camadas heterogêneas e singularidades em regiões distintas dentro de uma mesma área. Além disso, durante o processo de investigação do terreno, ou mesmo na fase executiva da fundação, o solo apresenta grandes perturbações e o estado de tensões inicial é alterado, modificando assim, sua capacidade portante. Mesmo com a investigação do solo feita por sondagens de penetração estática (CPT) ou sondagens de percussão simples (SPT), ainda há uma dificuldade para reproduzir analítica e numericamente o comportamento do elemento de fundação no solo. No Brasil, para a determinação da capacidade de cargas das estacas, podem ser utilizadas metodologias semiempíricas que consideram fatores de correção. As metodologias mais difundidas são os modelos propostos por: Aoki-Velloso (1975), Décourt-Quaresma (1978) e Teixeira (1996). Com base nestas metodologias, foi desenvolvida uma rotina computacional, com o objetivo de estimar a capacidade de carga de estacas por meio dos três métodos apresentados. Ainda, com o intuito de validar os resultados da rotina computacional, compararam-se resultados entre provas de carga estática de estacas e os resultados obtidos por meio da utilização da rotina computacional. Faz-se necessário, a aplicação de fatores de correção para os solos e tipos de estacas utilizados.
Palavras-chave: Capacidade de carga
Fundações por estacas
Planilhas eletrônicas
País: Brasil
Instituição: Ricardo Prado Abreu Reis
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Engenharia Civil e Ambiental (EECA) - RG
Citação: FERREIRA, Tobias Ribeiro; DELALIBERA, Rodrigo Gustavo; SILVA, Wellington Andrade da. Rotina computacional para a previsão da capacidade de carga em estacas. Revista Eletrônica de Engenharia Civil, Goiânia, v. 8, n. 3, 2014. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/reec/article/view/28149/16594>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/reec.v8i3.28149
Identificador do documento: 10.5216/reec.v8i3.28149
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17364
Data de publicação: Jun-2014
Aparece nas coleções:EECA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Tobias Ribeiro Ferreira - 2014.pdf1,25 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons