Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17415
Tipo do documento: Artigo
Título: Morbidade por acidentes de transporte entre jovens de Goiânia, Goiás
Título(s) alternativo(s): Traffic injuries among youth in Goiânia, Goiás state
Autor: Caixeta, Carlos Roberto
Minamisava, Ruth
Oliveira, Lizete Malagoni de Almeida Cavalcante
Brasil, Virginia Visconde
Resumo: Acidentes de transporte constituem problema mundial de saúde pública, especialmente nos países em desenvolvimento. O objetivo foi descrever o perfil das vítimas e circunstâncias dos acidentes de transportes com residentes de Goiânia (GO), na faixa etária de 15 a 24 anos e atendidos no Hospital de Urgências. Estudo transversal prospectivo, realizado de agosto de 2005 a agosto de 2006, por amostragem sistemática de 301 vítimas de acidentes de transporte. Os dados primários foram tratados por meio de estatística descritiva. A maioria era do sexo masculino, com idade média de 19,88 ± 2,7 anos e condutor dos veículos. O meio de transporte mais utilizado foi motocicleta (67,33%), seguido da bicicleta (16,67%). Os acidentes ocorreram predominantemente em torno das 18 horas, sextas-feiras e domingos. As vítimas estavam principalmente no trajeto para atividades físicas, esportivas, escolares, lazer e entretenimento. A suspeita do uso de álcool foi relatada por 15,16% dos entrevistados. Comparados aos ciclistas, mais motociclistas julgaram que houve imprudência/ negligência no acidente. Equipamentos de segurança não foram usados por 8,58% dos motociclistas e 95,45% dos ciclistas. São necessárias medidas de educação dirigida aos motociclistas e fiscalização que priorizem o período noturno e os finais de semana.
Abstract: Traffic injuries are currently one of the world’s main public health issues in both developed and developing countries. This study aimed to describe the circumstances involved in the traffic accidents and the profile of the victims attended at the Emergency Hospital of Goiânia, aged 15 to 24 years and residents in Goiânia, Goiás State, Brazil. It’s a prospective cross-sectional study carried out from August 2005 to August 2006 by systematic sampling. Data were analyzed by descriptive statistics. Most of the 301 victims were male, mean age of 19.94 ± 2.73 years, and drivers. Motorcycles (67.33%) and bicycles (16.67%) were frequently mode of transport. Accidents usually occurred around 6pm, on Fridays and Sundays. The victims were generally traveling/walking to/ from exercise, sports, school, recreational or entertainment activities. Suspicion of alcohol use was reported by 15.16% of the cases. More motorcyclists believed that there was imprudence/ negligence than the cyclists. Security equipment was not used by 8.58% of motorcyclists, 95.45% of cyclists. Educational measures for motorcyclists and law enforcement highlighting the nights and weekends are needed.
Palavras-chave: Morbidade
Acidentes de transporte
Causas externas
Morbidity
Injury
Traffic accidents
Transportation
País: Brasil
Unidade acadêmica: Faculdade de Enfermagem - FEN (RG)
Citação: CAIXETA, Carlos Roberto; MINAMISAVA, Ruth; OLIVEIRA, Lizete Malagoni de Almeida Cavalcante; BRASIL, Virginia Visconde. Morbidade por acidentes de transporte entre jovens de Goiânia, Goiás. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 15, n. 4, p. 2075-2084, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.1590/S1413-81232010000400021
Identificador do documento: 10.1590/S1413-81232010000400021
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17415
Data de publicação: Jul-2010
Aparece nas coleções:FEN - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Carlos Roberto Caixeta - 2010.pdf54,08 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons