Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17431
Tipo do documento: Artigo
Título: Entraves do fortalecimento da agricultura camponesa a partir das politicas publicas de comercialização de alimentos
Título(s) alternativo(s): Barries of the strenghtening of the peasant agriculture as of a public policy of comercialization of food.
Barreras de agricultura campesina fortalecimiento de comercializacion de alimentos en la politica publica
Autor: Mandú, Euclides Eduardo Nunes
Zarref, Luiz Henrique Gomes de Moura
Resumo: O presente artigo visa discutir a agricultura camponesa e suas contradições em seu processo histórico e político recentemente considerado como política assistencialista; embora seja de fato um processo de resistência ao capital no campo e ao agronegócio, em espaços de inter-relações e de movimentos socioculturais e ou territoriais de luta em busca de superar desafios e abarcar os mercados institucionais de comercialização de sua produção segundo o que preconizam os programas de governo PAA e PNAE, a aquisição da produção promovida com a perspectiva e prática agroecológica. Como contexto teórico metodológico analisa-se os desdobramentos referentes a tais programas por meio de uma visão geral tratada por teóricos relacionados aos assuntos das articulações presentes no território Chapada dos Veadeiros, bem como entrevistas e outras fontes de pesquisa focadas em dois municípios desse território como recortes espaciais centrais. Sendo Campos Belos o polo comercial central da região seguido do município situado em divisas limítrofes com a cidade polo intitulado Monte Alegre de Goiás, nessa última enfatiza-se a existência de comunidades Kalunga como parte integrantes por inter-relações ao espaço e afirmados no presente estudo. Para tanto apresenta-se questões inerentes a conformação social histórica e agrária do território analisado apresentado nos termos políticos como espaço patrimonial e histórico.
Abstract: This paper discusses peasant agriculture in its historical and political process recently considered welfare policy and contradictions, such as resistance to capital in the field and to agribusiness in the interrelationship of spaces and socio-cultural movements and or territorial fight seeking to overcome challenges and embrace the institutional markets of commercialization of its production according to what recommend the advocating of the PAA and PNAE government programs, the acquisition of production promoted by the prospect and agroecological practice. As a methodological theoretical context analyzes the developments relating to such programs through an overview treated by theorists related to the issues of the articulations present in the territory of Chapada dos Veadeiros as well as interviews and other research sources focused on two municipalities that territory as clippings central space. Being Campos Belos the central business hub of followed by the commune region situated in neighboring borders with polo town called Monte Alegre de Goiás, in the latter emphasizes the existence of Kalunga communities as part members by inter-relationships to space and affirmed in this study. For this presents issues related to historic and agrarian social conformation of the analyzed territory presented in political terms as equity and historical space.
Este artículo discute la agricultura campesina en su proceso histórico y político recientemente considerada política de bienestar y contradicciones, como la resistencia al capital en el campo y en la agroindustria en la interrelación de espacios y movimientos socioculturales y territoriales o luchar tratando de superar los retos y abrazar los mercados de marketing institucional de su producción de acuerdo con la defensa de los programas de PAA y gubernamentales PNAE, la adquisición de la producción promovida por la perspectiva y la práctica agroecológica. Como marco teórico metodológico analiza los acontecimientos relacionados con este tipo de programas a través de una visión general tratada por los teóricos relacionados con los problemas de las articulaciones presentes en el territorio Chapada dos, así como entrevistas y otras fuentes de investigación se centraron en dos municipios de ese territorio como recortes espacio central. Siendo Campos Belos el eje central de negocios de la seguida por la región comuna situada en las fronteras vecinas con la ciudad de polo llamado Monte Alegre de Goiás, en este último destaca la existencia de comunidades Kalunga como miembros de la pieza por interrelaciones a espacio y afirma en este estudio . Para ello presenta temas relacionados con la conformación social, histórico y agraria del territorio analizado presenta en términos políticos como la equidad y espacio histórico.
Palavras-chave: Agricultura camponesa
Aquisição de alimentos
Camponês
Campos Belos
Políticas públicas
Peasant agriculture
Acquisition of food
Peasant
Public policy
peasant agriculture
La agricultura campesina
Adquisición de los alimentos
Campesino
País: Brasil
Instituição: Valeria Cristina Pereira da Silva
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Instituto de Estudos Socioambientais (IESA) - RG
Citação: MANDÚ, Euclides Eduardo Nunes; ZARREF, Luiz Henrique Gomes de Moura. Entraves do fortalecimento da agricultura camponesa a partir das politicas publicas de comercialização de alimentos. Revista Terceiro Incluído, Goiânia, v. 6, n. 1, p. 57-74, jan./ jun. 2016. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/teri/article/view/39192/23067>.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/teri.v6i1.39192
Identificador do documento: 10.5216/teri.v6i1.39192
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17431
Data de publicação: Jun-2016
Aparece nas coleções:IESA - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Euclides Eduardo Nunes Mandú - 2016.pdf2,03 MBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons