Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17462
Tipo do documento: Artigo
Título: O destino morreu de repente: divertimento e resistência em Alves Redol
Autor: Batista, Walquiria Pereira
Resumo: O presente artigo tem como objetivo estudar a peça O destino morreu de repente, de Alves Redol, a partir de dois aspectos: o seu caráter de divertimento, compreendido na linguagem cênica, e a sua temática de resistência. Na referida obra, o autor buscou dirigir-se tanto aos sentidos quanto à inteligência de seu espectador, conjugando entretenimento e denúncia às injustiças sociais de seu tempo. Baseando-se nessas noções, serão examinados simultaneamente os ingredientes do espetáculo como divertimento e os desajustamentos que a peça espelha, escrita sob o regime do Estado salazarista. O referencial teórico adotado consiste basicamente nas concepções de Bertolt Brecht, que consideram o teatro um recinto de diversão, aliada a uma atit ude crítica diante da realidade.
Abstract: t is the goal of the present article to study the play Fate has died suddenly by Alves Redol, with the following two aspects as starting points: its entertaining character as understood in its scenic language and its theme of resistance. In the referred work, the author tries to aim both at his spectator’s senses and at his intelligence, joining entertainment and the denunciation of social injustice of his time. Based on these notions, the ingredients of the play as a piece of entertainment and the maladjustments which it reflects, being written under the Salazar regime, will be examined simultaneously. The theoretical reference adopted consists basically of Bertolt Brecht’s conceptions, which consider the theatre a fairground, combined with a critical attitude towards reality.
Palavras-chave: Divertimento
Resistência
Alves Redol
Entertainment
Resistance
País: Brasil
Instituição: Alexandre Silva Nunes
Sigla da instituição: UFG
Unidade acadêmica: Escola de Música e Artes Cênicas - EMAC (RG)
Citação: BATISTA, Walquiria Pereira. O destino morreu de repente: divertimento e resistência em Alves Redol. Revista Arte da Cena, Goiânia, v. 1, n. 1, p. 49-60, abr./set. 2014. Disponível em: <https://www.revistas.ufg.br/artce/article/view/31060/18373>
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Identificador do documento: 10.5216/ac.v1i1.31060
Identificador do documento: 10.5216/ac.v1i1.31060
URI: http://repositorio.bc.ufg.br/handle/ri/17462
Data de publicação: Set-2014
Aparece nas coleções:EMAC - Artigos publicados em periódicos

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Artigo - Walquiria Pereira Batista - 2014.pdf179,63 kBAdobe PDFThumbnail
Baixar/Abrir


Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons